11.11.2018  /  9:00

Industrial Light & Magic, produtora que revolucionou o cinema, cria divisão para a TV

A sede da ILM em San Francisco, na Califórnia, com uma estátua do mestre Jedi Yoda na entrada || Créditos: Reprodução

Fundada em 1975 por George Lucas, a Industrial Light & Magic (ILM) acaba de criar uma divisão que se dedicará exclusivamente à produção de programas para a televisão. Trata-se de uma novidade e tanto para a indústria de entretenimento, já que a ILM é creditada por ter redefinido a forma como se faz cinema desde que nasceu – nas últimas quatro décadas, a grande maioria das superproduções feitas em Hollywood teve seus efeitos especiais criados pelo time de designers e engenheiros da companhia, que é a maior autoridade no assunto.

A criação do novo braço televisivo também coincide com o anúncio recente da Disney sobre uma nova série baseada na saga “Guerra nas Estrelas” que irá ao ar no serviço de streaming que a gigante americana de mídia pretende lançar no fim de 2019, o Disney+, para competir de igual para igual com a Netflix e a Amazon Video. Batizada ILM TV, a produtora terá sede em Londres e começa a operar antes do fim do ano.

Parte da Lucasfilm, a holding que controlava todos os investimentos de Lucas no universo da sétima arte, a ILM se tornou uma subsidiária da The Walt Disney Company desde que esta a comprou, há seis anos, em um negócio de US$ 4 bilhões (R$ 14,9 bilhões) que transformou o criador da franquia cinematográfica de maior sucesso em toda a história na celebridade mais rica do mundo, atualmente com estimados US$ 5,6 bilhões (R$ 20,9 bilhões) na conta bancária. (Por Anderson Antunes)