15.10.2020  /  11:58

Idosa mostrando o dedo do meio é ‘arma’ da prefeitura de Berlim para convencer turistas a usarem máscaras

Pessoas no centro de Berlim, e a estrela da campanha inusitada || Créditos: Reprodução

Decidida a tentar recuperar o turismo em Berlim mas ao mesmo tempo preocupada em proteger sua população mais vulnerável da Covid-19, a prefeitura da capital da Alemanha acaba de lançar uma campanha publicitária na qual uma idosa aparece mostrando o dedo do meio às pessoas que se recusam a usar máscaras em público. “Nós respeitamos as regras de prevenção do novo coronavírus, e mostramos o dedo do meio erguido a todos que não fazem isso”, lê-se nos pôsteres pra lá de inusitados que foram espalhados pelas estações de metrô berlinenses e logo se tornaram um atrativo à parte nesses locais.

Responsáveis pela peça, os diretores da agência turística oficial Visit Berlin escolheram uma senhora de idade de caso pensado, já que a população mais velha de Berlim – e assim como em todos os outros lugares – é a mais ameaçada pela doença do momento. Algumas pessoas, no entanto, a consideraram ofensiva demais, enquanto outras não viram nada demais e até acharam o recado condizente com o jeito de ser dos berlinenses, que são conhecidos pelo “papo reto”.

Já o jornalista alemão Lorenz Maroldt, editor-chefe do jornal local “Der Tagesspiegel”, usou o Twitter para classificar a tal campanha como “muito apropriada”, já que em sua visão estamos vivendo tempos durante os quais o insulto pode ser até mais eficiente do que um simples aviso quando o assunto é o bem comum. (Por Anderson Antunes)

*

Abaixo, a imagem da campanha (sem censura) no comentário feito por Maroldt no microblog: