20.02.2018  /  12:48

Ícone da cultura punk britânica, designer e stylist Judy Blame morre aos 58 anos

Judy Blame em Londres nesta terça-feira aos 58 anos || Créditos: Reprodução

Morreu na manhã desta terça-feira, aos 58 anos, Judy Blame, um dos ícones britânicos da moda. Judy era diretor de arte, stylist, designer de acessórios, uma das pessoas mais criativas e livres do mercado. Conhecido por ter passado por marcas como Comme Des Garçons, Marc Jacobs, Gareth Pugh e Louis Vuitton, Judy também ajudou os fotógrafos Mark Lebon, Jean Baptiste Mondino e Juergen Teller em trabalhos históricos, assim como deu seu toque pessoal e ajudou a transformar a imagem de alguns artistas, como seu amigo Boy George, Björk, Kylie Minogue e Neneh Cherry.

Queridinho dos brasileiros, Judy veio bastante ao país. Amigo de Gloria Coelho e Reinaldo Lourenço, chegou a assinar o styling de um dos desfiles de Rei na semana de moda de São Paulo, sem contar sua participação em seminários e eventos, com palestras inspiradoras. Nascido em Devon, ele saiu de casa aos 17 anos direto para Londres onde se tornou uma das figuras mais relevantes da efervescente cena punk e clubber da capital britânica.

Em 2017, Judy ganhou sua primeira exposição solo no ICA (Institute of Contemporary Art), em Londres. A mostra “Judy Blame: Never Again” reuniu joias, artes, colagens, roupas, sketchbooks, fotos em uma chance única de mergulhar no trabalho desse artista.

Judy Blame em Londres nesta terça-feira aos 58 anos || Créditos: Reprodução