24.03.2018  /  9:00

Hotéis esgotados e casas alugadas por R$ 10 mil ao dia: Windsor vive burburinho antes do casamento real

Windsor, a cidade na Inglaterra onde vai acontecer o casamento de do Príncipe Harry com Meghan Markle || Créditos: Divulgação

Partiu Windsor para ver de camarote o casamento do Príncipe Harry com Meghan Markle? Então vá preparando o bolso. Com lotação praticamente esgotada, os hotéis da cidade colocaram os preços lá em cima nos poucos quartos que restam. Quem não reservou com antecedência, vai pagar muitas libras extras para se aventurar por lá.

Os hotéis que ficam mais próximos do Castelo de Windsor, onde a cerimônia acontece no dia 19 de maio, foram os que esgotarem as suas acomodações num piscar de olhos. No prestigiado Harte & Garter Hotel & Spa (onde, dependendo do quarto, dá para apreciar o castelo sem sair da cama) não há nenhum tipo de apartamento disponível em todo o mês.

Windsor, a cidade na Inglaterra onde vai acontecer o casamento de do Príncipe Harry com Meghan Markle || Créditos: Divulgação

Nos poucos hotéis que ainda têm vagas sobrando, o frisson pelo royal wedding fez crescer o olho dos proprietários. Fomos atrás de números: a agência de viagens Top Travelling fez uma busca nas acomodações da cidade e descobriu diárias mais de 200% mais caras. É o caso do Macdonald Windsor Hotel, que tem sacadas com vista para a High Street, por onde Harry e Meghan vão passar em carruagem depois da troca de alianças. Por lá, teve gente que desembolsou mais de R$ 20 mil por uma semana no ponto privilegiado.

Quem também está lucrando uma boa grana com a royal wedding madness são os moradores da cidade, que oferecem suas casas para aluguel temporário, de olho no volume de turistas que busca teto em Windsor. A pesquisa no Airbnb mostra casas sem luxo por R$ 4 mil a diária. São preços de realeza para plebeus vindos do mundo todo torcendo para ver Harry e Meghan ao vivo, nem que seja só por alguns min0utos. (Por Gabi Chanas)