28.02.2018  /  9:00

História sobre 50 Cent ter lucrado milhões com o bitcoin era falsa, segundo o próprio rapper

50 Cent || Créditos: Getty Images

Lembra da história que rodou o mundo no mês passado de que 50 Cent descobriu por acaso possuir perto US$ 8 milhões (R$ 25,8 milhões) em bitcoins? Parece que a realidade é bem diferente, e isso de acordo com um depoimento recente do próprio rapper às autoridades americanas e relativo ao processo de falência no qual ele deu entrada em 2015 e que corre na justiça do estado de Connecticut desde então.

Nos papéis da ação, 50 Cent afirma categoricamente que nunca manteve qualquer tipo de investimento na criptomoeda, e que os cerca de 700 bitcoins que recebeu em 2014 como parte do pagamento pelo álbum “Animal Ambition” foram imediatamente convertidos em dólares. Na época, cada unidade de bitcoin valia em torno de US$ 660 (R$ 2.132) – bem menos do que os US$ 11 mil (R$ 35,5 mil) atuais, o que resultou num total de “apenas” US$ 460 mil (R$ 1,48 milhão).

Quando surgiram as primeiras notícias sobre o suposto lucro milionário, 50 Cent logo fez média. “Tinha esquecido que fiz isso”, ele postou no Instagram, sem dar maiores explicações, porém mudou de tom. “Quando tomei conhecimento das reportagens publicadas na imprensa sobre esse assunto, coloquei nas redes sociais que tinha ‘esquecido’ porque, de fato, fui um dos primeiros artistas a aceitar pagamentos virtuais”, o dono do hit “Get Rich or Die Tryin'” disse no depoimento.

“Eu só não neguei publicamente essas informações sobre os bitcoins que recebi há quatro anos porque a cobertura da imprensa estava sendo favorável e sugeria que eu havia embolsado milhões de dólares como resultado da minha boa decisão comercial de aceitar os pagamentos em moeda virtual”, completou o rapper, que chegou a ser um dos mais ricos do hip hop e hoje deve horrores na praça. Ah, tá! (Por Anderson Antunes)