03.01.2019  /  10:02

Herdeiro da gigante varejista Nordstrom, dos EUA, morreu repentinamente na quarta-feira

Blake Nordstrom || Créditos: Getty Images

Membro de uma das famílias mais ricas dos Estados Unidos, Blake Nordstrom morreu repentinamente nesta quarta-feira, aos 58 anos. Como o nome indica, ele era um dos herdeiros da Nordstrom, a famosa rede americana de lojas de departamento de luxo, e também um de seus maiores acionistas individuais, com cerca de US$ 1 bilhão (R$ 3,81 bilhões) em ações da empresa.

Em um breve comunicado, a assessoria de imprensa da Nordstrom confirmou a morte do executivo, porém não revelou a causa. “Todas as pessoas que trabalharam com Blake sabem o quanto ele era comprometido com os funcionários e os clientes, e viram de perto a paixão dele pelo negócio”, disse o presidente do conselho Brad Smith.

Os Nordstroms ainda possuem em torno de 30% do capital da Nordstrom, que foi fundada em 1901, em Nova York, pelo imigrante sueco John W. Nordstrom e tem papeis negociados em Wall Street há décadas, atualmente com um valor de mercado na casa dos US$ 8 bilhões (R$ 30,5 bilhões). Anne Gittinger, e Erik e Bruce Nordstrom, irmãos de Blake, são os outros herdeiros da varejista. (Por Anderson Antunes)