18.05.2021  /  11:47

Herança de ‘apenas’ US$ 10 milhões que Bill Gates pretendia deixar para cada um dos filhos será debatida em divórcio

Melinda Gates e, na foto ao lado, Gates com Jennifer, Rory e Phoebe
Melinda Gates e, na foto ao lado, Gates com Jennifer, Rory e Phoebe || Créditos: Reprodução

Bill Gates sempre declarou de boca cheia que cada um de seus três filhos receberia uma herança de “apenas” US$ 10 milhões (R$ 52,7 milhões) na ocasião de sua morte, mas no que depender de Melinda Gates, a agora ex-mulher do cofundador da Microsoft, essa cifra poderá ser revisada em breve para bem mais.

De acordo com a mídia americana, parte da estratégia da cientista da computação no processo de divórcio que ela está movendo contra o centibilionário tem a ver com o futuro financeiro dos herdeiros deles, que são Jennifer Katharine, de 25 anos, Phoebe Adele, de 18, e Rory John, de 21.

Ao que parece, Melinda cogita brigar na justiça para que metade da fortuna de Gates – estimada em perto de US$ 130 bilhões (R$ 685,2 bilhões) – seja transferida para um “trust fund” que tenha os três como beneficiários, mas ao qual eles teriam acesso por completo somente quando estivessem mais velhos.

Frise-se que Melinda se tornou bilionária antes mesmo do fim do imbróglio judicial, quando recebeu, dias atrás, ações de algumas das empresas de capital aberto que Gates mantinha em seu portfólio. Na época, a fortuna dela graças a esses ativos foi estimada em US$ 1,8 bilhão (R$ 9,5 bilhões), mas já está em US$ 2,4 bilhões (R$ 12,6 bilhões) em razão de sua valorização de lá pra cá. (Por Anderson Antunes)