17.07.2019  /  9:08

Harry Styles pediu quase R$ 40 milhões para interpretar o príncipe Eric no novo “A Pequena Sereia”

Harry Styles || Créditos: Reprodução

Cotadíssimo para dar vida ao príncipe Eric na versão live-action de “A Pequena Sereia”, Harry Styles poderá fazer sua tão desejada migração definitiva do mundo da música para o do cinema embolsando um cachê de US$ 10 milhões (R$ 37,7 milhões). Essa é a cifra que os agentes dele pediram nessa semana para o pessoal da Disney, responsável pela produção inspirada no desenho de mesmo que o estúdio lançou em 1989, para que o líder licenciado da banda One Direction assuma o cobiçado papel.

Tradicionalmente, a Disney não paga valores dessa magnitude a atores sem muita experiência na telona, mas Styles pode se tornar uma exceção. De qualquer forma, ele provou que leva talento para o métier em 2017, quando apareceu em uma ponta de luxo em “Dunkirk” (em troca de um salário modesto de meros US$ 350 mil/R$ 1,32 milhão) e que inclusive lhe rendeu muitos elogios na época.

O novo “A Pequena Sereia”,  que pode estrear nos cinemas em 2021, ainda está em fase de pré-produção, e por enquanto só mesmo o nome de Halle Bailey foi confirmado em seu elenco principal. A atriz de 19 anos vai interpretar Ariel, a sereia do título. Já Melissa McCarthy está em negociações avançadas para ser a vilã do longa, a temida Úrsula. A trilha sonora ficará por conta da dupla Lin-Manuel Miranda e Alan Menken, ao passo que a direção será de de Rob Marshall. (Por Anderson Antunes)