04.06.2018  /  9:26

“Han Solo” lidera as bilheterias pelo segundo fim de semana nos EUA, mas já causa estresse na Disney

O elenco estrelado da superprodução || Créditos: Reprodução

A superprodução “Han Solo: Uma História Star Wars” liderou as bilheterias no hemisfério norte pelo segundo fim de semana consecutivo, e de novo sem chamar muita atenção. O longa dirigido por Ron Howard e estrelado por Alden Ehrenreich, Woody Harrelson, Emilia Clarke, Donald Glover, Thandie Newton, Phoebe Waller-Bridge, Joonas Suotamo e Paul Bettany faturou US$ 29,3 milhões (R$ 109,6 milhões) entre sexta-feira e domingo, chegando a uma bilheteria total de US$ 148,9 milhões (R$ 557,2 milhões) nos Estados Unidos e no Canadá e de US$ 264,2 milhões (R$ 988,6 milhões) considerando o resto do mundo – inclusive US$ 1,3 milhão (R$ 4,9 milhões) registrados nos cinemas do Brasil desde a estreia na semana passada.

Esses números, apesar de aparentemente grandes, são extremamente modestos considerando que apenas o orçamento das gravações do filme foi de US$ 250 milhões (R$ 935,5 milhões), sem contar os salários do elenco estrelado, custos de divulgação e outros gastos. Só para se ter uma ideia, a The Walt Disney Company – que em 2012 comprou a Lucasfilm, fundada pelo criador da saga “Guerra nas Estrelas” George Lucas, por US$ 4 bilhões (R$ 15 bilhões) -, esperava que a esta altura a venda de ingressos já estivesse acima dos US$ 400 milhões (R$ 1,5 bilhão). Tudo indica que cabeças deverão rolar logo, logo nos corredores da maior empresa de mídia do mundo, que não costuma perdoar fiascos… (Por Anderson Antunes)