Hambúrguer mais caro do mundo tem champagne, ouro e caviar na receita e custa R$ 30 mil

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Hambúrguer mais caro do mundo | Créditos: Divulgação

Robbert Jan de Veen é o chef criador do Golden Boy, o hambúrguer mais caro do mundo. Ficou tentado? Por apenas R$ 30 mil você pode degustar o lanche no De Daltons, badalado restaurante holandês com unidades espalhadas por todo o país.

O valor do lanche é explicado por sua receita que leva os ingredientes mais caros do mercado. Em primeiro lugar, o pão caseiro é feito com champanhe Dom Pérignon. Depois, o chef prepara o hambúrguer com carne japonesa de Wagyu, caviar beluga, caranguejo-real do Alasca e trufa branca. Robbert acrescenta tomate tigre e pepino marinado em chá matcha japonês e rodelas de cebola empanadas com champagne. O famoso molho barbecue, feito com whisky Macallan e café kopi luwak, um dos mais exóticos e caros do mundo, completa tudo. Como se não bastasse, o Golden Boy é servido com uma folha sutil de ouro comestível sob um sino que contém fumaça de uísque escocês.

Para consumir o prato, saiba que tem de reservar o restaurante com duas semanas de antecedência e antecipar um depósito no valor de cerca de R$ 4,5 mil. Além disso, parte do valor do hambúrguer será doado ao banco alimentar da região. “Decidi criar o hambúrguer mais caro do mundo e doar a receita para instituições de caridade para fazer o bem para a sociedade”, diz o chef.