13.05.2020  /  9:20

Hackers roubam documentos de advogado das estrelas e pedem US$ 21 mi de resgate

Os criminosos virtuais estariam em algum lugar da Europa Oriental || Créditos: Reprodução

Não são pequenas as chances de que um novo #CelebWeaks estoure nos próximos dias, com a possibilidade de inclusive deixar a pandemia de Covid-19 em segundo plano no noticiário. O motivo? Advogado conhecedor dos segredos de muitas estrelas, o americano Allen Grubman teve seu site oficial invadido por hackers recentemente, e ao que parece os criminosos virtuais conseguiram acessar o banco de dados do escritório dele – o Grubman Shire Meiselas & Sacks, que tem sede em Nova York – e a partir daí roubaram documentos arquivados online que contêm detalhes sobre vários dos processos defendidos por ele e sua banca.

Com posse disso tudo, os hackers estariam pedindo US$ 21 milhões (R$ 122,9 milhões) para não expor ao mundo o que descobriram: cerca de 756 gigabytes de ações em que grandes nomes do showbiz como Sofía Vergara, Priyanka Chopra, Lady Gaga, Barbra Streisand, Elton John, Drake, Rod Stewart, LeBron James e Mike Tyson, só para citar os “mais mais”, revelaram em segredo de justiça o que jamais diriam na frente das câmeras. E mais: um suposto contrato de Madonna já teria sido enviado a alguns tablóides pelos ladrões de internet como prova de que estão realmente falando sério.

De acordo com o “New York Post”, o caso já está sendo investigado pelo departamento de crimes virtuais da polícia de NY, e já sabe ao menos os pseudônimos de alguns dos hackers, como REvil e Sodinokibi, que teriam como base algum país da Europa Oriental e são bastante conhecidos no universo da deep web. Eles se aproveitaram que o mundo voltou todas as suas atenções para a crise do novo coronavírus para invadir o endereço eletrônico de Grubman e companhia que, assim como vários outros advogados da Big Apple, estão trabalhando em regime de home office. (Por Anderson Antunes)