02.05.2017  /  12:45

Gwyneth Paltrow vai ao gala do Met depois de dizer que não voltaria

700040620AR00117_Rei_Kawaku
Gwyneth Paltrow no gala de abertura da exposição “Rei Kawakubo/Comme des Garcons: Art Of The In-Between” no Metropolitan, em Nova York || Créditos: Getty Images

Gwyneth Paltrow foi a primeira estrela a assumir publicamente, em 2013, que não gosta do gala anual do Met, a festa mais concorrida da moda, declarando em entrevista à revista “USA Today”, que nunca mais voltaria: “Estava quente demais. Estava muito lotada. Eu não gostei nada”. Nessa segunda-feira, horas antes da edição de 2017 do baile, a atriz entregou em seu perfil no Instagram que iria à festa, colocando fim ao hiato de quatro anos ausente. Na postagem, Gwyneth relembrou look minimalista by Calvin Klein que usou em 1995, o primeiro ano que foi à festa. Para o revival ser completo, elegeu neste ano outro vestido sob medida da marca americana. Muito parecido ao usado há 12 anos.

Ao que tudo indica, a decisão de voltar a dar pivô no baile após quatro anos foi política, já que ela acaba de firmar parceria com a Condé Nast com o lançamento da revista de sua marca de lifestyle Goop, que terá o aval de Anna Wintour, anfitriã da festa. E não é que a toda-poderosa da moda americana consegue tudo o que quer?

My first ever Met Ball in 1995. #calvinklein #fullcirclemomentcomingup

Uma publicação compartilhada por Gwyneth Paltrow (@gwynethpaltrow) em