Tuca Franchini || Créditos: Bruna Guerra

Guru de celebs, como Naomi Campbell, Tuca Franchini revela o desejo mais pedido e dá dicas para 2019

27.12.2018  /  8:00

Tuca Franchini

2019 está batendo na porta e é hora de renovar as energias, por isso o papo deste mês é com Tuca Franchini, o guru espiritual de um monte de bacanas. E engana-se quem pensa que ele vai dar dica de simpatia ou coisa do tipo. Para o ano que se aproxima o lance é ter atitude, seja para encontrar a felicidade, paz, equilíbrio, um novo amor e até o desejo mais pedido a ele: emagrecer.

por fernanda grilo para revista J.P

J.P: O que todo mundo quer quando procura você nesta época do ano?
TUCA FRANCHINI: Paz. Além de emagrecer, né?

J.P: E no fim das contas, o que não conseguem cumprir?
TF: Dieta, claro! Essa nem eu prometo pro santo porque sei que não vou cumprir. Sempre tem um “diabinho” do lado atazanando e que fica perturbando a gente…

J.P: O que esperar de 2019?
TF: Ainda mais atitude e posicionamento, seja nas decisões pessoais e profissionais, política, reinvindicações…

J.P: Por que temos a mania de deixar tudo para a última hora?
TF: Na verdade, a gente se apega a novos sonhos e projetos justamente por não ter cumprido e quando recomeça o ano tem a perspectiva de começar de novo…

J.P: A gente sempre protela?
TF: Ninguém é completo e nem feliz por inteiro, por isso estamos sempre à procura de algo. Mesmo quem é casado ou tem um bom trabalho está nesse processo de busca, que é interminável.

J.P: Então, como faz?
TF: A felicidade está em você e não adianta colocar as expectativas em cima de outra pessoa, arrumar outro responsável, por isso que enfraquecemos, fraquejamos e adiamos.

J.P: O que fazer na virada para ter um bom ano?
TF: Tomar banho de alecrim (prosperidade, trabalho), anis-estrelado (emoção) e erva-doce (equilíbrio). Fazer duas vezes por semana, nada de achar que um antes da meia-noite vai resolver tudo. Oração também ajuda.

J.P: Vale seguir superstições como não comer aves?
TF: Imagina! Superstição é ficar sem comer e achar que é mau agouro porque cisca pra trás… Coma tudo, todas as uvas e não deixe sobrar nada!

J.P: Pular sete ondas é ok?
TF: O mar é uma divindade (Olokun) e tem um poder muito grande de captação de energia. Vale até mergulhar, mas cuidado que no Recife tem tubarões.

J.P: Os prós e contras das simpatias de Ano-Novo?
TF: Tudo tem que ser compatível com a energia do seu corpo para não “tomar remédio para a doença errada”.

J.P: Como não reclamar da vida?
TF: Que tal visitar um hospital, asilo ou creche para dar valor ao que tem? Vá fazer um trabalho voluntário, lembre-se que religião é fazer o bem.

J.P: E como tomar as melhores decisões na vida?
TF: Vale a pena? Se a resposta for sim, vá em frente.

J.P: O que a gente deveria buscar na verdade?
TF: Paz! Lembre-se, você é um canal de energia – positivo e negativo – e contamina as pessoas.

J.P: Como?
TF: Isso é relativo. Tem gente que precisa de um champanhe numa superfesta e outra de uma cervejinha no boteco ou algo beeeemmm diferente. Vai de cada um.

J.P: Qual o pior hábito da atualidade?
TF: Mentira! As pessoas mentem pra si mesmo e isso tem consequência, viu?

J.P: Você é um homem de paz?
TF: As pessoas confundem e falam: “O Tuca é muito zen”. Pisa no meu calo pra ver.

J.P: Qual a sua ideia de perfeita felicidade?
TF: Estar vivo, com saúde e ter equilíbrio emocional. Quando for acender uma vela, que seja pra você. Nada cai do céu, no máximo um meteoro.

J.P: Como gostaria de morrer?
TF: De felicidade, numa festa com meus amigos em um momento que renda uma boa foto para a eternidade…

J.P: E se você tivesse a chance de voltar a viver, como gostaria que fosse?
TF: Gisele Bündchen: alta, rica, bonita e com um homem bom…