22.03.2021  /  17:28

Grimes, Paris Hilton, Jack Dorsey… Famosos e marcas também investem no NFT como ferramenta de marketing

Grimes, Paris Hilton, Jack Dorsey || Créditos: Reprodução

O mercado de arte levou um “sacode” com o boom do NFT (non-fungible token – em tradução livre, token não fungível), principalmente depois da venda milionária da Beeple Colletions, obra de Mike Winkelmann, conhecido como Beeple, por US$69.346.250,00 (cerca de R$380 milhões). Para ter uma ideia, Beeple é um artista digital que trabalhou em grandes empresas americanas e que até poucos meses atrás não era conhecido.

Diante do sucesso desse tipo de chave eletrônica criptográfica com numeração única, além dos artistas e colecionadores, os famosos e as marcas já entenderam que o NFT representa uma nova maneira de alcançar fãs, clientes e ganhar mais alguns milhões.

O aumento da cobertura da mídia e o crescimento do mercado no espaço NFT resultaram em celebridades explorando o potencial da arte digital também. Grimes foi uma das primeiras a adotar vendendo peças de criptoarte em fevereiro por US $ 5,8 milhões (R$ 32 milhões), informou ao site de negócios. Outros cantores como Steve Aoki e Kings of Leon lançaram músicas como NFTs e arrecadaram milhões em vendas. E o CEO do Twitter, Jack Dorsey, que conseguiu US$2,9 milhões (R$ 16 milhões), o primeiro Tweet para arrecadar dinheiro para caridade.

Já Paris Hilton leiloou um desenho de seu gato na plataforma NFT Cryptograph por US$ 17 mil (R$ 93 mil), e embora ele possa não ser uma celebridade, o criador do meme “Bad Luck Brian” vendeu um NFT da foto original por $ 36 mil (R$ 198 mil).

As maiores casas de leilão do mundo: Christie’s e Sotheby’s já se adaptaram ao novo formato de venda e  as expectativas são de arrecadarem os mesmos valores de obras tradicionais. A NBA é pioneira e lançou seus colecionáveis ​​NFT “NBA Top Shot” em outubro de 2020. De acordo com a análise do cryptoslam.io operação de rastreamento de dados que agrega as vendas de criptomoedas por plataforma, o volume de vendas de todos os tempos do NBA Top Shot é atualmente de $ 354.327.277,38 (cerca de R$ 1,9 bilhão). Mais recentemente, a Taco Bell – rede de comida mexicana –  lançou uma série de NFTs de U$ 1 (R$ 6) para comemorar o retorno das batatas ao cardápio. O Portal “Insider” relatou que o restaurante de fast food esgotou rapidamente as vendas e que alguns compradores estão revendendo os NFTs por até US $ 3 mil (R$16,5 mil).

O mercado de NFT experimentou um grande crescimento no ano passado, com os compradores superando os vendedores em um mercado que cresceu para US $ 250 milhões (R$1,4 bilhão), de acordo com um relatório de 2020 da empresa de rastreamento de tecnologia L’Atelier BNP Paribas e nonfungible.com. O valor dos NFTs é em parte baseado na originalidade do produto. Os NFTs não podem ser destruídos, excluídos ou duplicados. O token existe apenas em sua plataforma nativa e não podem ser movidos para outra.