As novidades do Google: basta acessar || Créditos: Divulgação

Google apresenta novidades que envolvem desenvolvimento social, arte, empoderamento, capacitação e mais

0 Compartilhamentos
0
0
0
As novidades do Google: basta acessar || Créditos: Divulgação

Dá um Google! Cada vez mais longe de ser apenas um provedor de buscas, o Google mostra que está em plena expansão de seus negócios, cada vez mais diversos. Nessa quinta-feira, o presidente Google Brasil, Fabio Coelho, subiu ao palco de um dos auditórios do Memorial da América Latina, em São Paulo, ao lado de diversos executivos da empresa, para apresentar as novidades da plataforma. E elas não são poucas! Glamurama passou por lá e conta um pouquinho das novidades que envolvem desenvolvimento social, arte, empoderamento, colaboração, capacitação e mais. (por Fernanda Grilo)

Golaço!

Sabia que nenhum outro país no mundo busca tanto o tema “futebol” no Google como o Brasil? E a Copa do Mundo Feminina da FIFA, que começa nesta sexta-feira, traz pela primeira vez, a Busca do Google com informações sobre as partidas e linha do tempo com fotos, escalações e comentários. É possível acompanhar até três placares ao mesmo tempo na tela do celular, se inscrever para seguir os jogos do seu time preferido e ver a classificação. E tudo isso será estendido para outros campeonatos.

Mulheres no comando

Presta atenção nessa notícia: A Pesquisa Game Brasil (PGB), de 2018, mostrou que 75,5% dos brasileiros jogam games eletrônicos. Deles, mais da metade (58,9%) são mulheres. No entanto, elas representam somente 15% dos alunos matriculados em cursos de Ciência da Computação e Engenharia, segundo dados da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) . E para aumentar a presença feminina no mundo da tecnologia, a empresa lançou o Desafio Change the Game, que vai premiar as melhores ideias de jogos desenvolvidos por jovens mulheres (15 a 21 anos). Serão selecionadas duas vencedoras, que terão seus jogos produzidos e lançados no Google Play no começo de 2020. Outras 500 garotas ganharão 16 cursos, totalizando 144 horas de aulas on-line sobre programação.

Artsy

O Google Arts & Culture e mais seis instituições culturais se uniram para apresentar “Portinari: O Pintor do Povo” mais de cinco mil obras de arte digitalizadas, além de 15 mil cartas e documentos do arquivo pessoal do artista, distribuídos em vinte exposições virtuais. Não deixe de ver telas como “Mestiço” (1934) , “Lavrador de Café” (1934) e “Café” (1935) que foram capturadas em altíssima resolução (gigapixel).

Internet Democrática

O Google Station, Wi-Fi grátis do Google, chegou ao Brasil, o oitavo país no mundo a receber o projeto. A ideia é expandir a conexão à internet em países emergentes. Serão mais de 80 pontos implementados em São Paulo até 2020, e outras cidades devem receber a estação de acesso. Para usar o Wi-Fi não é preciso instalar aplicativo, ou criar senha, basta ter um smartphone para receber um código de verificação e navegar.

Galinha Pintadinha

O Google Assistente que ativa comandos por meio de voz e sistema simplificado, caiu no gosto dos brasileiros. Somos o terceiro país que mais usa o dispositivo que abriu um leque de possibilidades de navegação para a população analfabeta e com problemas de visão, por exemplo. E como a ideia é ampliar o acesso, o Google e a Positivo acabam de lançar um smartphone que traz um botão dedicado ao Assistente para acesso rápido. Tudo por por R$279.

E a automação também será democratizada nessa parceria com o anúncio de um kit com lâmpada, plugue para tomada, câmeras, sensores e alarme chamado Casa Inteligente em que, por comando de voz, a pessoa poderá ativar o dispositivo. O preço? R$99.

E chegou a hora de falar do sucesso: Galinha Pintadinha, disponível no Google Actions, em que as crianças interagem com o personagem. E como ela é sucesso por lá, vai ganhar mais funções, como reviver os jogos de infância, entre eles,  estátua, um papo com a Galinha Pintadinha e até jogar Galinha Sabidinha com identificação de cores, objetos e quantidades.

Comprinhas intuitivas

A partir de julho, quem for dar aquela “passeada” pelo Google Shopping poderá clicar diretamente na foto do produto para ter os detalhes, além de ter uma vitrine personalizada a partir dos interesses mostrados enquanto você está on-line.

Mobilidade

Sabia que São Paulo é a cidade que mais utiliza o Waze no mundo? Sim! E o aplicativo tem uma função que ajuda na mobilidade urbana, o Waze for Cities Data. Agora é possível armazenar dados gratuitamente, além de permitir que parceiros tenham acesso a dados históricos, realizem análises e criem visualizações de dados – o que torna ainda mais fácil identificar padrões de mobilidade, e medir os efeitos antes e depois de intervenções. Ah, se prepare, eles anunciaram o Waze Carpool…

Google News Initiative

Com a ideia de aumentar a credibilidade do jornalismo online, o Google traz para a América Latina o ‘Desafio de Inovação’ para apoiar projetos que visam desenvolver novos modelos de negócios e produtos jornalísticos. Os projetos selecionados vão receber US$250 mil.

Quem está chegando ao jornalismo digital ainda poderá se beneficiar com a Incubadora Jornalística de
Nativos Digitais, projeto piloto pioneiro, que vai oferecer mentoria e espaço físico no Google for Startups Campus em São Paulo, para os iniciantes.

Para os veículos que já estão na estrada há tempos, o Google está investindo em seu Laboratório de Assinaturas, que inclui oito empresas de jornalismo, sendo metade do Brasil, para melhorar e aumentar o número de assinaturas.

Profissional

E o que não faltaram foram iniciativas voltadas à profissionalização e capacitação, principalmente na área de tecnologia, isso porque a procura por profissionais especializados em TI vai chegar a 420 mil até 2024. Um dos projetos é o curso on-line de oito meses – com certificado – que capacitará pessoas a trabalharem em nível básico
em suporte de TI e, ainda, compartilhar seu currí culo direto com empregadores. E tem mais, o Google vai doar bolsas de estudo para mais de duas mil pessoas no Brasil à Junior Achievement Brasil (JA Brasil) com foco em estudantes de comunidade carentes.

Sabe quando você “dá um google” em algum restaurante ou loja? Então, esses pequenos e médios negócios estão na plataforma Google Meu Negócio, que conta com mais de 10 milhões de locais cadastrados no Maps aqui no Brasil, sendo que o número de negócios verificados aumentou de 50% em 2018. Agora, os consumidores podem seguir empresas que gostam, e os comércios entrar em contato com os seguidores para enviar ofertas e atualizações e notificações. Outra boa novidade é o encurtador de url para enviar a página da para o público de interesse e incluir o link em materiais de divulgação.

Todo cuidado é pouco!

Privacidade e segurança, essa é a busca sem fim das empresas de tecnologia, tanto que Kent Walker, SVP of Global Affairs, participou do evento e anunciou várias ferramentas e ações neste sentido. A primeira é usar o celular Android para fazer verificação de duas etapas na conta do Google; a ferramenta “Seus dados” que fica na Busca (Maps), será ampliada e em português para e o Maps, Assistente e, em breve, no YouTube. Ela permite aos usuários acessarem os dados sem sair da página de pesquisa, além de deletar histórico de Busca recente, obter acesso rápido aos controles de privacidade e saber mais sobre como a Busca usa os seus dados.

O Google também passa a ter um novo controle que permite escolher um limite de tempo entre 3 e 18 meses para o período que os dados do Histórico de locais e da Atividade na Web e Atividade de Apps serão salvos. E ainda o modo de navegação anônima para os aplicativos do Google será ampliados para o acesso ao Google Maps, todo mundo sabe que o GPS é um dos grandes “fornecedores” de informação às empresas, né?

Para saber mais sobre cada assunto, é só dar um Google.

0 Compartilhamentos