01.11.2014  /  8:00

Gloria Perez e “Dupla Identidade”: “A audiência é ótima. A medição que não é”

Dupla Identidade
Bruno Gagliasso e Gloria Perez

Gloria Perez está “supersatisfeita” com o retorno que tem recebido com “Dupla Identidade” -série protagonizada por Bruno Ggaliasso- apesar dos baixos níveis de audiência. “Até agora, a segunda temporada está de pé, sim. E não precisa ser com todo mundo do elenco original”, soltou a escritora em entrevista ao Glamurama, no Rio. “Estou dentro da expectativa da Globo. Aliás, nosso desempenho é maior do que o esperado. Passa muito tarde, 0h50, em um ano eleitoral. Tem que saber analisar os dados do Ibope. Existem outros meios de assistir: pode ser pela internet, e tem gente que grava da TV para ver depois. Isso tudo não é computado. Só conta TV ligada, o que funcionava na época em que se você não via na hora, não via nunca mais. Hoje a gente valida mais pela repercussão que a história causa. A nossa audiência é ótima. A medição que não é.”

Dá menos trabalho

Sobre as apostas da emissora em novas fórmulas, principalmente para seriados, Gloria opina: “O que é novo é a ousadia no formato, talvez. A gente tinha seriado policial, sempre existiu, não é novidade. Mas era polícia normal, com revólver, não de inteligência, com um suspense psicológico, como em ‘Dupla Identidade’. Sempre os autores gostaram de fazer obras mais curtas. Você pode começar a gravar com o texto todo pronto. Sabe o final… Não é uma obra aberta, como novela. Dá menos trabalho, claro. Minha próxima das oito seria depois da do João Emanuel Carneiro, mas, se tiver mesmo a segunda temporada, tem que arranjar alguém pra entrar no meu lugar, e aí eu volto só depois. Não daria tempo.”

Sombra e água fresca

Por enquanto, férias. “Vou tirar dois meses e embarcar para Portugal, depois Miami. E talvez Itália… Tenho cidadania.” Quando comentamos que as viagens dela para fora do país costumam inspirar temas para dramaturgia, ela garantiu: “Não, dessa vez vou de folga mesmo.” (Por Michelle Licory)