15.02.2015  /  10:32

Glamurama por dentro do Baile do Copa, com detalhes mais quentes. Chega mais!

Marina Ruy Barbosa, Felipe Veloso, Dudu Bertholini, Juliana Alves, Paula Fernandes e Henrique do Valle: Baile do Copa || Créditos: Juliana Rezende
Marina Ruy Barbosa, Felipe Veloso, Dudu Bertholini, Juliana Alves, Paula Fernandes e Henrique do Valle: Baile do Copa || Créditos: Juliana Rezende

Por Michelle Licory

Marina Ruy Barbosa, eleita rainha do Baile do Copa deste Carnaval, só chegou ao Golden Room do hotel carioca perto de 1h30 da manhã deste domingo, quando o “Melindrosas Magic Ball” – nome dado à edição 2015 da tradicional festa – já estava no auge. A atriz, acompanhada do namorado, Caio Nabuco, fez questão de lembrar que o motivo do atraso não era charminho de musa. “Estava na Sapucaí até agora há pouco gravando a novela ‘Império’. Queria ter vindo antes, corri, mas não consegui.” Ainda deu tempo de Marina comentar que gosta de Carnaval, que desfilou na Avenida no ano passado, mas que este ano só volta ao sambódromo para assistir às escolas…

Tira uma selfie?

* De repente, uma chuva de pedidos de selfie com ela. Realmente, essa “febre” atingiu todas as idades – o público do baile não é tão jovenzinho -, perfis, classes sociais… Estava difícil ser Marina naquele momento. Caio Nabuco, namorado dela, disse não se importar com o assédio em cima da moça. “Faz parte.”  Ah, o vestido de Marina: com franjas vermelhas cintilantes e decotes na frente e nas costas arrematados por paetês, combinado com uma “cabeça” com uma borboleta que encantaria qualquer menina e penas da mesma cor, o look tem a assinatura de Sandro Barros. Gostou, glamurette?

Leveza da natureza

* Por falar em look, Paula Fernandes debutou no baile com um longo que fugia do tema. Não que isso seja um problema… Perguntamos por que ela preferiu não aderir ao dress code “melindrosa”. “Ah, eu quis vir de leveza da natureza.” Tá bom… Ela vai para a Sapucaí logo mais, só admirar o espetáculo. “Mas já desfilei na Beija-Flor, sabia?” E termina aí o Carnaval de Paula. “Depois volto pra minha cidade, minha casa, meus cavalos.” Será que ela pensa em gravar um samba? “Por que não, já que sou uma representante da Música Popular Brasileira? Adoro Martinho da Vila [que também foi ao Copa], Zeca Pagodinho… E Diogo Nogueira: que voz!” Por fim, um conselho da cantora sobre os dias de folia: “Não confundir liberdade com libertinagem.” Anotou?

Luxo brasileiro

* No salão circulavam também Felipe Veloso, que pintou a barba de vermelho vivo para a ocasião, Jackie de Botton de orelhas de coelhinha, que contou que vai de colombina no baile organizado por Malu Barreto, mulher de Vik Muniz, nesta terça em Santa Teresa… Por lá também estavam Patricia Brandão, preocupada com a filha, de 15 anos, descobrindo os bloquinhos de rua, e Dudu Bertholini: “Acredita que é minha primeira vez aqui na festa? Adoro esse glamour de Rio antigo, esse luxo bem brasileiro, e esse senso de humor que estamos vendo aqui. Gosto de aproveitar as peculiaridades do Carnaval de cada cidade. Isso mostra bem o sincretismo cultural do nosso país. Vou para o sambódromo, e também para os blocos Boi Tolo e Viemos do Egyto.” Ufa!

Outra rainha

Juliana Alves, rainha de bateria da Unidos da Tijuca, também estava estreando no Baile. “Logo eu, uma foliã, mas sempre algum compromisso me impedia de vir. Estou feliz por ter conseguido neste ano. Também adoro Carnaval de rua e não poder curtir os blocos é a única coisa que eu lamento quando penso nas minhas obrigações de rainha. Meus amigos vão a vários.. Mas tudo bem: o que me realiza é a minha escola. Talvez na quarta-feira de cinzas eu consiga ir a algum… Desfilo na madrugada de segunda para terça e terça, na hora do almoço, já vou estar gravando a novela ‘Babilônia’. Ih, quarta tenho que estar na apuração das notas… É, acho que não vai dar tempo.”