09.12.2019  /  11:30

Glamurama entrega quem é Zozibini Tunzi, a Miss Universo 2019: “Defendo a educação dos jovens sul-africanos, a igualdade e a representação”

Zozibini é uma ativista do direito da igualdade da mulheres / Crédito: Instagram

A sul-africana Zozibini Tunzi foi a grande vencedora do Miss Universo 2019, que aconteceu em Atlanta, nos Estados Unidos, nesse domingo. A moça superou outras 89 candidatas e ainda deu show ao fazer um discurso sobre representatividade ao longo do concurso: “Eu cresci em um mundo onde uma mulher que se parece comigo, com meu tipo de pele e cabelo, nunca foi considerada bonita. Acho que isso pode mudar hoje. Quero que as crianças olhem para mim e vejam seus rostos refletidos nos meus”, falou.

Mas afinal, quem é Zozibini?

A Miss Universo tem três irmãs: Yanga, de 30, Sibabalwe, de 24, e Ayakha, de apenas 13 anos. Em entrevista à imprensa africana, Zozibini contou que a grande inspiração de sua vida são seus pais: “Por mais clichê que isso possa parecer, meus modelos são meus pais. Eu aprendi muito com eles. Minha mãe me ensinou a importância de permanecer gentil e humilde e sempre ser útil para as pessoas ao meu redor. Meu pai me ensinou a importância da educação, do trabalho duro e da disciplina. E mais importante, eles também me moldaram para ser quem eu sou hoje”.

A Miss é formada em relações públicas e se formou na Universidade de Tecnologia da Península do Cabo, em 2018. Ela realizou um estágio durante a pós-graduação no departamento de relações públicas de Ogilvy Cape Town. Ela vem de família acadêmica, por isso defende o poder da educação. A sua mãe, Philiswa Nadapu, é diretora de escola em Bangweni JSS, em uma vila chamada Bolotwa. O pai, Lungisa Tunzi, trabalha em Pretória, no departamento de ensino superior e treinamento: “Defendo a educação dos jovens sul-africanos, a igualdade e a representação. Como Miss África do Sul, mal posso esperar para contribuir com essas importantes causas sociais”, disse à imprensa após ganhar o título de Miss África do Sul.

Zozibini é ativista do direito da igualdade da mulheres e sua campanha durante o concurso incluiu uma parceria com a #HeForShe, campanha internacional da ONU Mulheres para a igualdade de gênero e o empoderamento. E se engana quem pensa que essa é a primeira vez que Zozibini compete em um concurso de beleza. A modelo estava entre as melhores concorrentes na Miss África do Sul 2017, mas foi eliminada. Ela voltou dois anos depois e ganhou o Miss Universo.

Um dos momentos mais incríveis de sua vida, foi a entrevista que fez com Basetsana Kumalo, personalidade da televisão sul-africana, empresária, filantropa e que também promove um concurso de beleza, para o programa “Afternoon Express”. No Instagram, ela fez um post dedicado ao momento, revelando ser fã de Kumalo: “Esse foi um dos momentos mais incríveis da minha vida. Eu fiz uma mini entrevista com a Basetsana Kumalo. Fiquei muito nervosa, mas sobrevivi”, escreveu.