13.03.2018  /  9:40

Glamurama entrega os 3 novos tratamentos que vão invadir as clínicas de dermatologia

Dicas quentinhas para cuidar da cutis || Créditos: Getty Images/iStockphoto

Dermatologistas do mundo todo se reuniram recentemente em San Diego, nos Estados Unidos, para o Meeting Anual da Academia Americana de Dermatologia, um dos principais eventos da especialidade, e as novidades que saem dali em pouco tempo se espalham pelas clínicas de todo o mundi. De olho nisso, Glamurama entrega os três tratamentos que se destacaram e prometem bombar nas cutis por aí. Confira:

Preenchimento sem dor
Uma nova técnica de preenchimento, com aplicação única, efeito mais duradouro e que cuida da pele de maneira uniforme já está disponível. O novo produto, leva nome comercial de Volite e usa a tecnologia Vycross – uma fórmula que introduz o ácido hialurônico de alto e baixo peso molecular à sua composição. Isso garante durabilidade maior do que outros preenchedores. Segundo o dermatologista Dr. Gustavo Limongi, um dos pioneiros da técnica no Brasil, este produto é perfeito para as pacientes mais jovens com sinais iniciais e perda de volume. “Ele suaviza as rugas e marcas de expressão sutilmente, proporcionando um efeito delicado, saudável e o mais interessante, sem dor, já que tem anestésico em sua formulação”, afirma o médico.

Drug Delivery
Já ouviu falar de drug delivery? A tecnologia que foi destaque no Meeting facilita a entrada de ativos na pele e potencializa sua ação promovendo resultados mais rápidos. A aplicação é feita através de um laser e a novidade é a tecnologia robótica do aparelho, que realiza o procedimento com micro pontos que destroem a camada superficial da pele agindo de forma mais profunda do que outros tipos de tratamentos. Com isso é possível tratar rugas, manchas, cicatrizes de acne, além de estimular a firmeza da pele, uma vez que também estimula a produção de colágeno. O tratamento é praticamente indolor e o resultado é uma pele mais jovem, com menos marcas e rugas.

Novo bioestimulador
Com o passar dos anos, o corpo reduz consideravelmente a produção de colágeno. Como consequência, há maior flacidez da pele e a formação de rugas. No mercado, existem diversos procedimentos estéticos para amenizar os problemas. E para reforçar este arsenal, em maio chegará ao Brasil o Ellansé, um estimulador que dá volume ao mesmo tempo em que produz colágeno tipo I – o mais forte e mais denso entre todos os produzidos pelo corpo.  “Primeiro as áreas escolhidas são preenchidas, causando um efeito imediato e depois de alguns dias é possível perceber os resultados do aumento de colágeno quando a pele ganha sustentação”, afirma o dermatologista Gabriel Aribi.

O produto é injetável e pode ser aplicado nas têmporas, maçãs do rosto, mandíbulas e queixo. Tem duração de 1 a 4 anos dependendo da formulação escolhida. “São quatro apresentações e o médico escolhe qual é a ideal para cada paciente. É importante lembrar que o colágeno produzido pode durar até 10 anos”, afirma Gabriel. Além disso, o ativo utilizado é uma substância compatível com o corpo, e assim consegue ser totalmente absorvido, tornando o procedimento seguro. Agora é só aguardar!