19.05.2018  /  10:47

Glamurama aponta os highlights do casamento de Meghan Markle e príncipe Harry

Príncipe Harry e Meghan || Créditos: Getty Images

Menos às vezes é mais. Foi o que aconteceu na manhã ensolarada deste sábado, em Windsor, com o esperadíssimo casamento do príncipe Harry e Meghan Markle, agora marido e mulher, duque e duquesa de Sussex. Tudo aconteceu em um clima mais relax, sem a pompa e circunstância que são marcas registradas da realeza britânica. O fato de Harry não estar nem perto da sucessão ao trono e a personalidade da noiva explicam essa informalidade.

Convidados do mundo todo compareceram à cerimônia, que rolou na St. George’s Chapel, em Windsor. Todos seguiram o dresscode da ocasião: mulheres de vestidos em tons claros ou estampados, como pede o horário, arrematados com chapéus ou “fascinator”. Os homens de fraque – George Clooney foi dos poucos que preferiu ir de terno. A rainha Elizabeth II foi de verde dos pés à cabeça – ela adora a cor – e de bolsa, sua marca registrada. Entre os famosos que prestigiaram o casal, Oprah Winfrey, Victoria e David Beckham, Elton John, boa parte do elenco de “Suits” (série de TV da qual Meghan participava), Serena Williams, entre outros. Também deram pinta por lá as ex-namoradas de Harry. Aliás, nunca se viu tanta gente bonita em um casamento real como neste.

Harry, eleito pelas pesquisas como o membro da família real britânica mais querido pelos súditos, chegou acompanhado do irmão, o príncipe William, usando um traje da cavalaria britânica e preferiu manter a barba. Os dois fizeram um pequeno trajeto a pé, passando em frente à multidão que se aglomerava em frente à capela. Não economizaram nos sorrisos e acenos.

A noiva chegou ao local com apenas 7 minutos de atraso acompanhada da mãe, Doria Ragland – a mais emocionada de todos, não parou de chorar um minuto sequer -, a bordo de um Rolls-Royce. Seu vestido, o maior enigma dos últimos meses, foi assinado por Clare Waight Keller, da Givenchy. Um modelo minimalista com decote canoa, sem brilhos e fru-frus. Simples e muito chique! Seu singelo buquê teve detalhe para lá de romântico: algumas flores colhidas pelo próprio Harry nos jardins do palácio.

Em momento empoderado, Meghan entrou e cruzou boa parte da capela sozinha, até que, próximo ao altar, o príncipe Charles foi a seu encontro pra levá-la até Harry. Outros pontos altos da cerimônia foi a participação de um padre negro, com um discurso mais pop, a apresentação do coral gospel Kingdom Choir cantando “Stand By Me” e “Amen/This Little Light of Mine” e o solo do violoncelista britânico Sheku Kanneh-Mason, de apenas 19 anos, convidado pessoalmente pela noiva. Quando tocou “Ave Maria” foi difícil segurar as lágrimas! Para coroar a ocasião, o beijo dos noivos aconteceu do lado de fora da igreja, na frente do público, que foi à loucura. Um verdadeiro conto de fadas moderno!