28.02.2020  /  14:16

Gisele Bündchen engata o maior papo com seus seguidores no Instagram: “Não gosto de ser chamada de madrasta. Prefiro ‘mãe-bônus'”

Gisele Bündchen usou suas redes sociais para trocar a maior ideia com seus fãs. A übermodel respondeu às perguntas dos seguidores em uma série de vídeos do Instagram Stories nessa quinta-feira. E, quando perguntada sobre como é “ser madrasta” de John ‘Jack’ Edward Thomas, filho de 12 anos de Tom Brady (com a atriz Bridget Moynahan), Bündchen disse que ela não gosta de ser chamada de madrasta.

“Não gosto da palavra madrasta. Prefiro ‘mãe-bônus’ porque sinto que é uma bênção na minha vida. Me sinto tão sortuda por ter esse anjinho maravilhoso em minha vida”, disse. Gisele se casou com Brady em 2009 e também é mãe de Benjamin, 10 anos, e Vivian Lake, 7 anos. Apesar dela e do marido terem uma agenda das mais concorridas, a modelo confessa que não tem uma “receita secreta” para gerenciar o tempo da família.

“Acho que o que é realmente importante é a energia que está ao redor das crianças”, disse, explicando como ela e Tom Brady estão “constantemente dando beijos e abraços nos filhos” para garantir que se sintam amadas. “Acho que eles veem o quanto nos amamos e o quanto apoiamos um ao outro. Nunca levantamos nossas vozes. Nós nunca temos brigas. Apenas discutimos as coisas se tivermos algum problema”.

Os fãs também quiseram saber se Gisele cria outros bichos além de cães “Nós temos cavalos e galinhas. Se fosse por mim teria uma arca de Noé, porque amo bichos”, e se os cachorros são adotados: “Sim, todos os três que temos em casa foram adotados”. E revelou o que faz para extravasar a raiva: “Quando fazia kickboxing dava porrada no ‘punching bag’, mas agora que fiz uma cirurgia no ombro e estou em recuperação, o jeito é meditar, respirar…” Equilibrados não? Play para ver algumas respostas da top: