20.07.2020  /  11:56

George Soros pega carona no Black Lives Matter e doa mais de R$ 1 bi para promover justiça racial nos EUA

George Soros || Créditos: Reprodução

Vilão da extrema-direita e pegando carona no movimento Black Lives Matter, George Soros doou US$ 220 milhões (R$ 1,18 bilhão) na semana passada para a luta contra o racismo nos Estados Unidos por meio de sua fundação, a Open Society Foundations. Em comunicado, a entidade explicou que o dinheiro será destinado “a novas ONGs que trabalhem pelo empoderamento das comunidades negras” do país.

Do total doado, US$ 150 milhões (R$ 805,3 milhões) serão utilizados para a concessão de bolsas de estudos aos americanos afrodescendentes sem recursos para fazer faculdade, enquanto o restante será empregado em iniciativas que promovam resultados mais imediatos em prol da justiça social deles e de sua conscientização como grupo eleitoral de impacto.

Soros, de 89 anos, fez doações filantrópicas que totalizam mais de US$ 32 bilhões (R$ 171,8 bilhões) ao longo de sua vida pública. A maior data de 2017, quando o bilionário húngaro que viveu um polêmico affair com a atriz brasileira Adriana Ferreyr anos atrás destinou US$ 18 bilhões (R$ 96,6 bilhões) para a Open Society. Ainda assim, ele continua sendo um dos homens mais ricos do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 8,4 bilhões (R$ 45,1 bilhões). (Por Anderson Antunes)