13.03.2021  /  9:00

George Lucas nunca foi tão rico e o cineasta deve isso mais ao Mickey Mouse do que a Darth Vader. Entenda!

George Lucas, entre personagens da Disney e da saga que ele criou
George Lucas, entre personagens da Disney e da saga que ele criou || Créditos: Reprodução

A melhor decisão que George Lucas já tomou na vida foi ter criado a coragem para arregaçar as mangas e tirar do papel, lá em meados dos anos 1970, suas ideias sobre uma certa história que se passa numa galáxia muito, mas muito distante. E não restam dúvidas de que a segunda melhor decisão que o criador da saga “Guerra nas Estrelas” já teve até hoje data de 2012, ano em que ele aceitou vender seu estúdio para a Disney em um negócio de mais de US$ 4 bilhões (R$ 22,2 bilhões).

É que, na época, Lucas optou por receber a maior parte dessa bolada em ações da própria gigante de mídia, cuja valorização de lá pra cá aumentou consideravelmente. Para se ter uma ideia, só no último ano a ação da Disney negociada na Bolsa de Valores de Nova York disparou mais de 114%.

Desde então um dos maiores acionistas individuais da empresa que tem Mickey Mouse como garoto-propaganda eterno, Lucas tem uma fortuna estimada em US$ 7,5 bilhões (R$ 41,7 bilhões) que o tornam não apenas o diretor de cinema mais rico do mundo mas também o mais rico entre todas as celebridades hollywoodianas do planeta com mais do que o dobro que o segundo colocado nesse quesito tem, no caso o bff dele Steven Spielberg, com seus US$ 3,7 bilhões (R$ 20,6 bilhões). (Por Anderson Antunes)