Uma ronda por algumas das galerias mais badaladas de SP na Art Weekend

A 32ª Bienal de Arte de São Paulo abre suas portas na próxima quarta-feira, mas a cidade já está fervendo com Art Weekend. Em sua primeira edição, traz mais de 40 eventos especiais – entre aberturas, visitas guiadas, lançamentos de livros, performances e bate-papos –, com mais de 130 artistas em foco. No total, 36 galerias espalhadas pela cidade participam do evento, feito pela SP-Arte e o Projeto Latitude – voltado à internacionalização do mercado brasileiro. Fomos conferir algumas das principais galerias da cidade para entrar no clima e clicar quem passou por lá. No Instituto Tomie Ohtake, em Pinheiros, a novidade é a mostra “Os Muitos e o Um: Arte Contemporânea Brasileira na Coleção Andrea e José Olympio Pereira”. Também passamos pelo brunch de abertura da exposição “Lugar Comum”, de Valeska Soares, na Galeria Fortes Vilaça, na Vila Madalena. No mesmo bairro, fomos para a abertura da exposição “Barro”, de Miguel Rio Branco, no anexo da Galeria Millan. Para finalizar nossa ronda matinal, uma passada na abertura da exposição “Aterro”, de Caio Reisewitz e “Compressões”, de Tobias Putrih, na Luciana Brito Galeria, no Jardim Europa. Cool!