Kim Kardashian e seu château de US$ 60 mi em Hidden Hills, na Califórnia
Kim Kardashian e seu château de US$ 60 mi em Hidden Hills, na Califórnia || Créditos: Reprodução

Funcionários que trabalham no château de Kim Kardashian processam a reality star por salários não pagos

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Kim Kardashian e seu château de US$ 60 mi em Hidden Hills, na Califórnia
Kim Kardashian e seu château de US$ 60 mi em Hidden Hills, na Califórnia || Créditos: Reprodução

Apesar de ser uma das mais novas bilionárias do pedaço, Kim Kardashian está sendo processada por sete dos funcionários que dão expediente em seu château de Hidden Hills, na Califórnia, e que a acusam de não ter pago seus salários devidamente.

Nos autos da ação que corre em um tribunal do estado americano, a turma relata condições de trabalho análogas à escravidão, e afirma que além de não estar com seus vencimentos em dia também sequer recebia refeições enquanto estava no batente.

Todos os reclamantes são parte da equipe de limpeza da residência de Kardashian, que é avaliada em US$ 60 milhões (R$ 318 milhões), e foram contratados em tempo integral para manter tudo por lá nos trinques. Mas parece que houve uma fraude no contrato deles…

É que eles garantem que mantinham um vínculo empregatício com Kardashian, que por sua vez afirmou em depoimento tê-los contratado de forma terceirizada – ou seja, a responsabilidade por seu bem estar não seria da reailty star.

Todos querem indenizações graúdas, e há até o caso de um pai e filho, ambos empregados da ex-mulher de Kanye West, que foram demitidos por ela depois de lhe pedir um aumento. O mais provável, no entanto, é que o imbróglio seja encerrado com acordo. (Por Anderson Antunes)