04.04.2014  /  20:17

Francesca Muston, sobre SPFW: “não há infraestrutura para compradores internacionais”

selo sky
Francesca Muston é editora sênior da WGSN na Grã-Bretanha

Para a inglesa Francesca Muston, a São Paulo Fashion Week só perde para as semanas de moda de Paris, Nova York, Milão e Londres. A head de análise do WGSN, um dos maiores portais de conteúdo de tendências de moda e comportamento do mundo, conversou com o Glamurama sobre o que falta para a semana de moda paulistana se igualar às outras quatro citadas.

“Eu acho que as semanas de moda no Brasil já são bem sucedidas à sua própria maneira. Acredito que o que falta é a relação de troca: como vender no mercado internacional e como ter a estrutura física para que os compradores possam vir ao Brasil importar e exportar esses produtos. Isso deveria ser facilitado. ” Ainda segundo Francesca, para os consumidores internacionais não há infraestrutura para compradores internacionais: “O envio e o manuseio ainda são problemáticos.” Apesar dessas lacunas, a apresentação da nossa moda é fantástica, segundo ela, assim como as mídias sociais, o envolvimento de celebridades e a cenografia: “Tudo isso é muito bem feito. Só falta transformar isso em dinheiro e vendas para os compradores de moda”, analisa.