04.12.2017  /  15:10

Fotos de Meghan Markle em momentos de intimidade estão valendo mais de R$ 1,5 mi

O príncipe Harry e Meghan Markle || Créditos: Getty Images

Desde que se tornou noiva do príncipe Harry, há anos o solteiro mais cobiçado do pedaço e membro da família real mais badalada do planeta, Meghan Markle se tornou o alvo número um dos paparazzi internacionais. Basicamente, isso significa que qualquer foto indiscreta da ex estrela de “Suits” tem potencial para ser vendida por centenas de
milhares de libras. Ou até por mais, dependendo das circunstâncias do flagra…

Só para se ter uma ideia, a primeira imagem de Meghan e Harry se beijando – publicada no Reino Unido em maio, pelo “Daily Mail” – rendeu £ 120 mil (R$ 463,8 mil) ao profissional que a registrou, o maior valor até agora em 2017 em se tratando de fotos feitas por paparazzi e compradas por grandes publicações. Depois do noivado com Harry, no entanto, fotos da atriz em momentos de intimidade passaram a valer em torno £ 400 mil (R$ 1,55 milhão).

Tá certo que esse valor não chega nem perto dos milhões que a princesa Diana movimentava com suas aparições públicas, no fim dos anos 1990, época em que a concorrência dos smartphones ainda nem existia. Mas também não é soma de se reclamar.

Em tempo: assim como aconteceu com Kate Middleton, Meghan já está recebendo o treinamento necessário para aquelas que conquistam os corações de príncipes, como se abaixar para cumprimentar pessoas sem deixar o decote à mostra e saber cruzar as pernas ao sair de carros, o tipo de situação que, uma vez mal orquestrada, pode render bons cliques para os fotógrafos e enormes dores de cabeça para quem cuida da imagem da realeza britânica. (Por Anderson Antunes)