13.07.2020  /  10:13

Fotógrafo que há anos acompanha a família real acusa Meghan de tornar Harry ‘amargo’

Harry e Meghan Markle || Créditos: Reprodução

Como alguém que acompanhou a família real do Reino Unido durante anos e bem de perto, o fotógrafo britânico Arthur Edwards resumiu com conhecimento de causa, em entrevista ao “The Sun”, a atual situação vivida pelo príncipe Harry, agora um “ex-royal”. “Ele simplesmente perdeu o enredo de sua própria história”, Edwards, de 79 anos, disse ao jornal. Para o profissional dos cliques, que viajou como fotógrafo oficial junto com a rainha Elizabeth II em várias ocasiões, Harry “chegou no fundo do poço” quando criticou a Commonwealth dias atrás.

Formada por 54 países que tem ou tiveram a monarca como chefe de estado, a comunidade de nações foi alvo de um comentário recente do marido de Meghan Markle, para quem sua relevância jamais será plena a menos que o passado de cada um de seus membros seja devidamente reconhecido. “Ele [Harry] atacou justamente aquilo que Sua Majestade valoriza acima de todas as outras conquistas de seu reinado”, Edwards analisou. “Definitivamente, são coisas que estão sendo colocadas em sua cabeça pela mulher, que merece ser ignorada”, completou o top fotógrafo.

As palavras controversas ditas pelo sexto na linha de sucessão ao trono britânico, no entanto, foram muito bem recebidas em certas ex-colônias do Reino Unido, apesar de que no país serviram apenas para afetar ainda mais sua reputação junto aos súditos da rainha. “O Harry mudou muito nos últimos dois anos e se tornou completamente amargo”, Edwards explicou. “Eu o fotografei a vida inteira, desde o dia de seu nascimento, e culpo a Meghan por sua mudança radical de comportamento”, concluiu o correspondente real. (Por Anderson Antunes)