21.07.2020  /  9:22

Foto oficial do casamento da princesa Beatrice não contou com o pai dela por decisão da rainha. Entenda!

Elizabeth II e Philip com os noivos || Créditos: Reprodução

Pra quem estranhou a ausência do príncipe Andrew na foto oficial do casamento da princesa Beatrice com o italiano Edoardo Mapelli Mozzi, realizado longe dos holofotes na semana passada por causa da pandemia de Covid-19, a explicação é uma só: envolvido até o pescoço no escândalo Jeffrey Epstein, o irmão do príncipe Charles teve sua participação no registro do grande dia da filha vetada pela própria mãe, a rainha Elizabeth II, que preferiu posar com o marido, o príncipe Philip, ao lado dos noivos e sem ninguém mais por perto.

Aconselhada por seus assessores mais próximos, a monarca decidiu que não era o caso de eternizar o encrencado “royal” justo na imagem que, no futuro, será vista pelos britânicos como um dos momentos mais marcantes da luta de seus antepassados contra o novo coronavírus em razão do claro distanciamento entre os dois casais clicados. E por falar no herdeiro favorito dela, Andrew voltou a ser citado em um depoimento recente dado por Virginia Giuffre, uma das supostas vítimas de Epstein.

Desta vez ouvida pelas autoridades dos Estados Unidos que investigam os supostos crimes sexuais cometidos pelo falecido multimilionário, Giuffre confirmou no começo da semana uma versão que propagou meses atrás e segundo a qual o duque de York foi um dos amigos de Epstein com quem ela foi obrigada a dormir em pelo menos três ocasiões, e em todas quando ainda era menor de idade. Andrew, no entanto, continua negando ter cometido qualquer ilegalidade. (Por Anderson Antunes)