05.02.2021  /  11:45

Flagship da Chanel em Nova York é assaltada de tarde e bandidos levam quase um milhão de reais em produtos

Toda a ação durou menos de quatro minutos
Toda a ação durou menos de quatro minutos || Créditos: Reprodução

A polícia de Nova York ainda não encontrou nenhum suspeito de um assalto a uma loja da Chanel do tipo cinematográfico, que aconteceu na última terça-feira. Na ocasião, quatro homens entraram de repente em um ponto de venda da maison francesa que fica na região da Spring Street, no chiquérrimo SoHo, por volta das 14h, e em questão de minutos surrupiaram 32 bolsas de mão e 12 carteiras cujo valor estimado passa dos US$ 160 mil (R$ 862,2 mil), ao mesmo tempo em que nem sequer chegaram perto do caixa.

Todos eles usavam máscaras, mas dessas para se proteger do novo coronavírus mesmo, e também óculos escuros. Uma segurança que estava no local no momento do crime chegou a avisá-los que estava armada, o que não os intimidou. “Vai fazer o quê? Atirar na gente?”, disse um deles depois de ouvir o alerta.

Quando foram embora, os bandidos embarcaram em um carro sem placa de identificação. E o pior é que assaltos desse tipo, por mais inusitados que pareçam, estão acontecendo aos montes na Big Apple desde o começo da pandemia. Como agora ninguém entra em nenhum estabelecimento de lá sem estar mascarado, os criminosos que antes tinham dificuldade para entrar nesses lugares mais hypados agora estão fazendo a festa. (Por Anderson Antunes)

*

Dá um play no vídeo aí embaixo pra ver as cenas do assalto: