Fina, elegante e a cara do verão, Lenny Niemeyer dá a letra para brilhar nas areias e na vida

16.01.2018  /  9:00

 

Crédito: Arthur Vahia/Divulgação

Filtro solar, chapéu, amigos e um gim-tônica: essa é a receita de um verão perfeito para uma das mulheres que ditam a moda beachwear no Brasil. Nascida em Santos, a estilista, de alma carioca e sinônimo de elegância, retrata como ninguém esse lifestyle e não passa pela estação mais quente do ano sem uma festança à beira da piscina na sua casa da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio – e com convidados famosos, claro, como Andrea Dellal, Felipe Veloso, Glória Maria, Bianca Brandolini… Para a J.P, Lenny mostra o motivo desse poder todo, na moda, na vida e em tudo o mais que importa.

J.P: Quem é a musa do verão 2018?
Lenny Niemeyer: As mulheres livres de preconceito e corajosas.

J.P: O que o verão tem de melhor?
LN: Deixar as pessoas mais bonitas.

J.P: O melhor lugar para curtir a estação?
LN: Qualquer destino perto do mar.

J.P: Drinque predileto?
LN: Gin-tônica, sem dúvida.

J.P: Companhia para ir à praia?
LN: Filtro solar, chapéu e, claro, os amigos.

J.P: Qual a dica para não errar na areia?
LN: Ter cuidado com os excessos, principalmente na make. Optar sempre pelo look mais natural.

J.P: O que usar e o que não usar?
LN: Não é a estação que dita esse tipo de coisa e sim a ocasião.

J.P: Qual foi a grande extravagância que já fez?
LN: Foi ter a coragem de mudar a minha vida quando me mudei para o Rio de Janeiro.

J.P: Qual sua meta de vida?
LN: Viver mais.

J.P: Quem te inspira?
LN: A vida. Viver é inspirador.

J.P: Um vício?
LN: Minha piteira, mas estou empenhadíssima em aposentá-la.

J.P: Uma mania?
LN: Cozinhar.

J.P: Qual talento gostaria de ter?
LN: Cantar e tocar piano.

J.P: Se pudesse viver à base de um alimento, qual seria?
LN: Ovo – saudável e versátil.

J.P: Fraqueza de consumo?
LN: Flores.

J.P: A pessoa mais interessante que já conheceu?
LN: Meu pai, por sua elegância, generosidade e prazer que tinha em receber os amigos.

J.P: Tipo de gente que você tem dificuldade de conviver?
LN: Os arrogantes. Pessoas com energia negativa. Se por um descuido entram, não permanecem.

J.P: O que mais valoriza nos amigos?
LN: Lealdade.

J.P: Se aceitar é?
LN: Premissa para ser feliz.

J.P: Ser bonita é…
LN: Estar de bem com a vida.

J.P: Se pudesse mudar alguma coisa em você o que seria?
LN: Administraria melhor o meu tempo para não trabalhar tanto.

J.P: Se considera uma pessoa de sucesso?
LN: Sucesso é trabalhar com o que gosta. E eu amo o meu trabalho.

J.P: O trabalho mais memorável?
LN: Desfile de celebração dos 20 anos de minha marca. Realizei o sonho de desfilar nas margens da Lagoa Rodrigo de Freitas com uma festa memorável.

J.P: Maior pesadelo?
LN: O início de cada coleção me tira o sono.

J.P: Qualidade que admira nos homens e nas mulheres?
LN: Companheirismo nos homens e independência nas mulheres.

J.P: Momento mais brilhante…
LN: Ser mãe. A maternidade me deu muita alegria.

J.P: Maior qualidade e defeito?
LN: Sempre vejo o lado bom das pessoas. E acho que trabalhar demais é um defeito.

J.P: Melhor conselho que já ouviu.
LN: Sem dúvida do meu pai, que sempre me disse para saber ver o lado bom e positivo das pessoas.

J.P: Para onde você vai quando quer estar sozinha?
LN: Para minha casa, meu melhor refúgio.

J.P: Maior arrependimento?
LN: Não tenho arrependimentos.

J.P: O que faz pra ser feliz?
LN: Vivo intensamente o presente.