20.05.2015  /  15:13

Filme rodado na Amazônia vai parar nas paredes de galeria de arte

cine-hosadd2005
Registros de “Margaret Mee e a Flor da Lua – um olhar da equipe sobre as filmagens na Amazônia” || Créditos: Divulgação

O documentário “Margaret Mee e a Flor da Lua”, rodado na Amazônia, sobre a última expedição da ilustradora botânica inglesa para retratar a rara planta, foi parar em uma galeria de arte. Na verdade, o diário da diretora, Malu De Martino, deu origem à exposição “Margaret Mee e a Flor da Lua – um olhar da equipe sobre as filmagens na Amazônia”, com fotografias, croquis de aquarela, objetos e imagens de bastidores.

* A mostra, que abre nesta sexta-feira na Galeria Modernistas, em Santa Teresa, também conta com uma experiência sensorial através dos muitos sons que a floresta emana, fazendo o espectador mergulhar no universo do documentário e vivenciar o dia a dia das filmagens. A curadoria e ambientação é de Mariana Rodrigues, especialista em projetos sustentáveis, que usou elementos da natureza, como folhas secas, e outros reaproveitados, como o papelão.