22.11.2017  /  11:55

Filme francês sem cigarro? Lei polêmica quer proibir gente fumando em cena…

Audrey Tautou em cena do filme “Coco Antes de Chanel” // Divulgação

Cenas de atores e atrizes fumando em densos diálogos envoltos em fumaça, marca registrada dos filmes franceses desde sempre, podem estar com os dias contados. Isso porque em um recente debate parlamentar sobre planos de elevar o preço do tabaco no país, a senadora do partido socialista Nadine Grelet-Certenais acusou os cineastas de promoverem o ato de fumar. “70% da nova era de filmes franceses tem pelo menos uma cena de alguém fumando”, disse ela ao parlamento. “Isso incentiva o uso entre crianças e adolescentes.”

A discussão não é nova. No ano passado, a Organização Mundial da Saúde fez apelo pedindo que filmes com tabagismo recebessem uma classificação diferenciada. Na ocasião, a ministra da saúde da França, Agnès Buzyn, apoiou a causa. “Não entendo a importância do tabagismo no cinema francês”, afirmou ela, que  se comprometeu a levar a questão ao ministro da cultura para discutir a desnormalização da imagem do tabaco na sociedade”.

Embora não se saiba o que de fato vai acontecer, a história já rende polêmica na internet. Para alguns, essa proibição é “loucura”. O site de arte “La Tribune de l’Arte” ironizou via Twitter: “Espero que usar drogas, exceder a velocidade permitida, atravessar estradas fora da marca e obviamente matar alguém também sejam ações banidas dos filmes”.

Já o programa de rádio Le Cinéma brincou: “Além disso, os personagens dos filmes franceses agora terão que comer cinco frutas e vegetais por dia”. E a situação não anda fácil para os (muitos) fumantes franceses.

Louis Garrel e Eva Green fumando no filme “Os Sonhadores” || Créditos: Divulgação