Filme da semana: “Wonder Boy” conta a trajetória pessoal e profissional de Olivier Rousteing, diretor criativo da Balmain

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Wonder Boy – Netflix || Créditos: Divulgação

Atenção apaixonados por moda, neste sábado chega à Netflix o documentário “Wonder Boy”, que conta a trajetória pessoal e profissional de Olivier Rousteing, atual diretor criativo da Balmain. Case de sucesso no universo fashion, Olivier foi adotado aos cinco meses de idade e sempre gostou de roupas. Por onde passou, foi considerado prodígio, um título mais do que justo, afinal, aos 35 anos ele já ocupa um dos principais cargos na alta-costura mundial há uma década. Publicamente crítico em relação ao racismo e homofobia, politizado e talentosíssimo, até hoje ele é o único homem gay e negro em tal posto entre as maisons francesas.

Dirigido por Anissa Bonnefont e gravado em 2019, o longa segue o designer durante suas ousadas criações e pela busca incessante por suas origens, que o levaram a descobrir que seus pais biológicos são da Somália e Etiópia. Aliás, foi somente durante a filmagem da produção que Olivier descobriu sobre seu DNA e, consequentemente, sobre sua raça. Até então, por conta de seu tom de pele claro e do fato de ter sido deixado no orfanato aos sete dias de vida, ele acreditava ser filho biológico de um casal inter-racial que não pode assumir seu amor.

Com uma história repleta de altos e baixos, uma infância marcada pelo preconceito, a descoberta tardia de sua identidade e um caminho de sucesso até o topo, prepare-se para se emocionar com as criações e trajetória de Rousteing. Play para assistir o trailer.