19.10.2019  /  7:50

‘Filhos da Pátria’ vai reviver o fuzuê com a chegada da rádio ao Brasil. Aos detalhes!

Maria Teresa e seu oráculo || Créditos: TV Globo

A chegada da “caixa que fala” ao Brasil, isso na década de 1920, promete um dos melhores episódios da segunda temporada de ‘Filhos da Pátria’, nesta terça-feira. E a responsável pelo fuzuê na vida dos Bulhosa é Maria Teresa, personagem de Fernanda Torres. Ela acredita que o aparelho poderá transformar a família dela e vai gerar um burburinho daqueles. Geraldo (Alexandre Nero) não vai nem chegar perto, seu filho Geraldinho (Johnny Massaro) fica intrigado com o funcionamento do rádio e Pacheco (Matheus Nachtergaele) decide “democratizar” o acesso à informação e mandar espalhar os aparelhos por diversos pontos da cidade. Já Olegário (Candido Damm), que na trama tem uma banda de jornal, fica preocupado se a novidade vai representar a ruína dos jornais.

Mas, quando o rádio chega à casa dos Bulhosa, vira praticamente um oráculo. É ele quem ensina à Maria Teresa como recuperar a felicidade e o viço de outros tempos, e quem vai dar a dica para Geraldinho ficar mais forte, sem muito esforço. E eles parecem acreditar em tudo o que o locutor diz e ai a confusão está armada. Não dá para perder.