22.02.2021  /  17:49

Fevereiro é mês bom para… Revista J.P lista o que fazer para deixar os seus dias mais inspiradores e interessantes

O que fazer em fevereiro / Crédito: Getty Images

Fevereiro está chegando ao fim, mas ainda dá tempo acrescentar alguns itens ao seu ‘to do’.  Que tal começar uma boa leitura, ou fazer uma viagem para Nova York sem sair de casa? Revista JP elegeu o que é bom para experimentar, comprar, assistir e ter neste mês. Fevereiro é mês bom para…

  • Escolher um tema para se dedicar durante o ano: pode ser filosofia, literatura, história ou coisas do gênero
  • Fazer uma lista de tudo que aprendeu nesse ano passado tão difícil e tentar aplicar as lições a partir de agora
  • Eleger uma causa para defender e trabalhar por ela, visto que isso é mais que fundamental neste século 21
  • Fazer uma playlist com o melhor do axé e botar o bloco na sala de estar – a seleção de músicas do Bloco do Apego no Spotify é um bom começo

  • Colocar em prática algo novo só para sentir o frio na barriga da primeira vez
  • Viajar para Nova York – sem sair do lugar – e descobrir uma nova cidade pelo olhar da escritora Fran Lebowitz em Pretend It’s a City, série documental da Netflix dirigida por Martin Scorsese
  • Se render ao frescor do pét-nat, ou pétillant naturel, espumante natural e leve que não precisa de uma grande ocasião para ser aberto
  • Comprar para seu parceiro, amigo ou whoever uma camisa de manga curta da Camisa da Bahia, marca local de Salvador que tem entre seus clientes elegantes e descolados do eixo Rio-São Paulo

  • Mergulhar no romance de estreia de Lorena Portela, ‘Primeiro Eu Tive Que Morrer’, que tem Jericoacoara como cenário. Com enredo complexo, mas de narrativa leve, o livro foi lançado de forma independente
  • Experimentar todas as toasts do café da loja Amoreira – novo canto ao ar livre e rodeado de verde em São Paulo
  • Trocar, com segurança, o treino de sempre por aulas de beach tennis e vôlei de praia em espaços pé na areia que estão se multiplicando em São Paulo
  • Seguir os passos da enteada mais famosa dos Estados Unidos, Ella Emhoff, a filha fashionista do marido de Kamala Harris
  • Ir atrás dos poemas de Amanda Gorman, a jovem americana que roubou a cena na posse do Joe Biden
  • Perder o fôlego com o duque de Hastings da série ‘Bridgerton’, da Netf lix, interpretado pelo ator britânico Regé-Jean Page

  • Começar a planejar os detalhes de seu casamento dos sonhos, especialmente se for em outro destino, com quem entende do assunto. A assessora Roberta Calfat é especialista em destination weddings em Trancoso, Caraíva e Arraial d’Ajuda
  • Propagar e difundir entre as pessoas a seu redor a importância e necessidade de se tomar vacina contra a Covid-19
  • Matar a saudade de espetáculos como Donna Summer Musical, que retorna com todos os protocolos de segurança ao palco do Teatro Santander, no Complexo JK Iguatemi, em São Paulo