21.06.2018  /  11:38

Ferrari vintage que vai a leilão em agosto deverá bater recorde com lance inicial de R$ 170,6 mi

O modelo raríssimo que a Sotheby’s vai leiloar em agosto || Créditos: Reprodução

Leiloada em 2014 pela soma recorde de US$ 38,1 milhões (R$ 144,4 milhões), uma Ferrari 250 GTO de 1962 deverá perder em breve o título de carro vintage mais caro já vendido no martelo. É que uma outra 250 GTO, também datada de 62, vai a leilão em agosto pela Sotheby’s e teve seu lance inicial estabelecido pela casa britânica em US$ 45 milhões (R$ 170,6 milhões).

Em ambos os casos, os altos valores chamam atenção, claro, mas é preciso lembrar que a Ferrari fabricou apenas 36 supercarros do tipo entre 1962 e 1964, e o modelo acabou se tornando um dos maiores ícones esportivos da montadora italiana, ao ponto de ser apelidado de “Santo Graal” do mundo das quatro rodas por especialistas.

No caso da 250 GTO que será oferecida pela Sotheby’s daqui a dois meses, o “provenance” também conta alguns pontos: seu primeiro dono foi o campeão das pistas italiano Edoardo Lualdi-Gabardi, que disputou dez corridas a bordo dela e venceu nove, ficando em segundo em uma. Mais tarde o piloto acabou a vendendo para Gianni Bulgari, da família fundadora da marca de relógios e joias que leva seu sobrenome. (Por Anderson Antunes)