13.11.2017  /  18:45

Felipe Massa se despede da F1: “Consegui muito mais do que eu imaginava. Estou satisfeito e emocionado”

Um brinde à carreira de sucesso! || Créditos: Divulgação
A Martini, uma das marcas de bebidas mais icônicas do mundo, marcou um encontro com Felipe Massa, no restaurante Brace do Eataly, para um bate-papo dias antes do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, que aconteceu nesse domingo, em Interlagos. A data marcou o anúncio da aposentadoria de Massa que, desta vez, irá se concretizar. Glamurama aproveitou para saber os planos futuros do piloto, tanto profissionalmente como na vida pessoal. Continue lendo! (por Paula Barros)

Glamurama – Você sempre foi muito conhecido pelo entendimento do carro e proximidade com os mecânicos. Você se vê como diretor de equipe?

Felipe – Acho que não. É uma mudança tão grande. A gente nunca pode dizer nunca, mas no momento não é algo que estou pensando em fazer.

Glamurama – Falando em carro você é adepto de road trips? 

Felipe – Amo carro. Moro em Mônaco então quando tenho tempo – o que é difícil, principalmente correndo de F1 – sempre viajo com a família para a Itália, França… Por lá tem tantas cidades bacanas e estradas incríveis. Quando eu tiver mais tempo vai ser incrível.

Glamurama – Do que você vai sentir mais saudades? E que pais te marcou mais?

Felipe – Vou sentir falta sim. Fiz muitas viagens bacanas a trabalho. Se eu sentir falta vou inventar alguma coisa pra me juntar a eles… Estive em muitos países maravilhosos, como Austrália, Canadá, Emirados Árabes. Mas como corrida, os meus favoritos são os circuitos de Spa-Francorchamps, na Bélgica, e de Suzuka, em Tóquio. E Mônaco, claro, também é super especial.

Glamurama – Quais os planos futuros?

Felipe – Agora é cuidar da família, do meu filho e continuar correndo em alguma categoria. Preciso decidir ainda em qual. E claro, descansar um pouco e me preparar para essa segunda fase da minha vida.

Glamurama – Um dos projetos é a linha de sucos Da Natu. Como estão os planos de expansão?

Felipe – A linha vem crescendo muito. Acredito no futuro da proposta da marca. Se você olhar em países como Estados Unidos e vários lugares na Europa, pode perceber que o mundo está em busca de opções de alimentação mais naturais. É um movimento forte de se alimentar bem, e a ideia do suco é muito interessante. Pensamos em expandir em restaurantes e algumas outras vias para o produto chegar mais facilmente na casa das pessoas.

Glamurama – Você vai incentivar seu filho a seguir a mesma carreira que você?

Felipe – Ele já tem todo o exemplo. Está sempre nas corridas me acompanhando. E ele gosta bastante. Mas, é ele quem tem que escolher e falar “pai quero ser piloto”. Vou ajudá-lo como eu puder. A mãe tem medo e prefere que ele não vá por esse caminho. (risos)

Glamurama – Quais viagens estão programadas para os próximos meses?

Felipe – Volto pra Mônaco nesta semana, depois vou para Abu Dhabi onde eu corro, volto para Mônaco para o fim do ano letivo do meu filho. Venho para o Brasil e vamos para Natal, no Rio Grande do Norte. O Ano Movo passaremos em Miami.