12.03.2019  /  12:11

Felicity Huffman e Lori Loughlin são presas sob a acusação de terem participado de esquema de propina milionário

Felicity Huffman e Lori Loughlin || Créditos: Getty Images

Bomba! As estrelas da telinha Felicity Huffman (também indicada ao Oscar em 2006 por sua atuação no drama “Transamérica) e Lori Loughlin foram presas na manhã dessa terça-feira, em Los Angeles, sob a acusação de terem participado de um mega-esquema de propinas cujas somas totais chegam a US$ 6 milhões (R$ 22,9 milhões) e tinha como objetivo principal facilitar a entrada de estudantes ricos em algumas das universidades mais prestigiadas dos Estados Unidos, com Yale, Stanford, Georgetown e a Universidade do Sul da Califórnia.

Pelo menos outras 46 pessoas foram presas e acusadas do mesmo crime, e o comentário por lá é que as duas hollywoodianas teriam desembolsado altas somas para garantir que seus filhos fossem admitidos em algumas das instituições educacionais citadas. No caso de Loughlin, que é mãe de duas filhas adolescentes e estrela a sitcom da Netflix “Fuller House”, ela teria pago US$ 500 mil (R$ 1,9 milhão) ilegalmente para um empresário da Califórnia que está sendo considerado o mandante de tudo.

Já Huffman, que é casada com o ator William H. Macy e ficou famosa como a Lynette Scavo da extinta série “Desperate Housewives”, uma “contribuição” de US$ 15 mil (R$ 57,1 mil) foi feita para que a filha mais velha deles se tornasse estudante de uma das universidades. Tanto Huffman quanto Loughlin deverão ser soltas em breve e assim que assinarem um documento se comprometendo a aparecer em um tribunal para responderem às acusações que as levou ao xilindró. (Por Anderson Antunes)