01.03.2020  /  9:00

Famosa executiva americana cai em velho golpe de internet e perde quase R$ 2 milhões

Barbara Corcoran || Créditos: Reprodução

Nem mesmo aquela que é considerada uma das mulheres de negócios mais “duras” dos Estados Unidos escapou de cair em um velho golpe de internet que lhe custou perto de US$ 400 mil (R$ 1,79 milhão). Barbara Corcoran, fundadora e CEO da gigante The Corcoran Group, uma das maiores imobiliárias de Nova York, revelou nessa quarta-feira que foi vítima de um daqueles e-mails que todo mundo recebe e nos quais pede-se a confirmação de senhas bancárias ou pagamentos de todos os tipos, e que apesar de terem cara de legítimos na verdade não passam de phishing scams (algo como “pesca” ilegal de dados pessoais).

Integrante do elenco de “Shark Tank”, um reality show no qual milionários de várias áreas buscam pessoas com ideias boas para investir, Corcoran recebeu na semana passada uma dessas mensagens, que continha um pedido de pagamento referente a um projeto imobiliário que está sendo desenvolvido na Alemanha e do qual a executiva de fato é sócia. Tudo parecia em ordem: os nomes das pessoas e empresas envolvidas conferiam, assim como os valores previamente acordados.

Mas foi por causa de uma letra a mais no nome de uma dessas empresas que Corcoran acabou perdendo US$ 388.700,11 (R$ 1,74 milhão), já que não percebeu o erro e no fim acabou quitando uma conta com esse valor sem saber que o dinheiro acabaria indo para gente que nada tinha a ver com a transação. Logo que percebeu o que fez, ela acionou seus advogados e descobriu que o IP de origem do e-mail golpista é registrado na China. Agora eles trabalham para tentar ao menos identificar os endereços dos criminosos virtuais, até porque as chances de reaver o prejuízo são mínimas. (Por Anderson Antunes)