19.10.2015  /  14:31

Família real britânica garante altos índices ao PIB britânico

Família real britânica || Créditos: Divulgação
Família real britânica || Créditos: Divulgação

Os republicanos do Reino Unido devem estar irritadíssimos com os resultados de uma pesquisa feita pela Brand Finance, uma das maiores empresas do mundo em avaliação e gestão de ativos intangíveis, sobre o impacto econômico da monarquia britânica no país insular. De acordo com a pesquisa, a família real representa um valor de £57 bilhões (R$ 345 bilhões) para o PIB britânico, e somente neste ano a rainha Elizabeth II e seus familiares deverão gerar um lucro de £1,155 bilhão (R$ 7 bilhões), isso já considerando todas as despesas atribuídas a eles, que ficam em torno de £8,14 bilhões (R$ 49,3 bilhões) por ano.

Boa parte dessas cifras positivas se deve ao chamado efeito “William & Kate”, resultado da popularidade do príncipe William e de Kate Middleton. O casamento deles em 2011, por exemplo, foi um dos melhores comerciais da história para o Reino Unido, uma vez que foi exibido em 188 países e somente no Youtube foi assistido por 72 milhões de pessoas.

Já o nascimento em 2013 do príncipe George, filho deles, também ajudou, e representou £247 milhões (R$ 1,5 bilhão) das vendas do varejo britânico naquele ano, enquanto a chegada da princesa Charlotte em maio deste ano é vista como crucial para o futuro da indústria fashion de lá. Some-se a isso os £3,1 bilhões (R$  18,8 bilhões) que caem na conta da prefeitura de Londres todos os anos, provenientes dos gastos dos turistas que visitam a cidade, e os £100 milhões (R$ 606 milhões) que o príncipe Charles arrecada anualmente com suas obras de caridade, e a família real pode ser considerada pelos contribuintes britânicos com um excelente investimento. (Por Anderson Antunes)