25.11.2019  /  10:54

Extra! Gigante francês LVMH compra a rede de joalherias americana Tiffany’s por quase R$ 70 bi

A rede de joalheiras americana agora tem dono francês || Créditos: Reprodução

A semana começa com notícia das grandes no segmento de luxo: o conglomerado francês LVMH acaba de anunciar que comprou a Tiffany & Co. por US$ 16,2 bilhões (R$ 67,9 bilhões) em dinheiro, ou o equivalente a US$ 135 (R$ 565,65) por cada ação da joalheira americana. Em outubro, o LVMH havia feito uma oferta pela Tiffany’s de US$ 120 (R$ 502,80) por ação. O negócio ainda requer a aprovação de autoridades dos Estados Unidos e da França, e deverá ser concluído em meados do ano que vem.

Essa é a maior compra do LVMH, que é comandado por Bernard Arnault, atualmente o terceiro homem mais rico do mundo (depois de Bill Gates e Jeff Bezos). Com 75 marcas, entre elas Dior e Louis Vuitton, o conglomerado teve receitas de € 46,8 bilhões (R$ 215,7 bilhões) em 2018 e de € 25,1 bilhões (R$ 115,7 bilhões) no primeiro semestre desse ano.

Já a Tiffany’s, que foi fundada em 1837, faturou US$ 4,4 bilhões no ano passado e é tida como uma das marcas que melhor representam a ideia de luxo em todo o mundo. Sua aquisição pelo LVMH está muito bem recebida nos mercados, com a ação do gigante francês saltando quase 2% na Bourse de Paris, o que fez a fortuna de Arnault aumentar US$ 1,8 bilhão (R$ 7,5 bilhões) só nessa segunda-feira, para US$ 106,6 bilhões (R$ 446,6 bilhões). (Por Anderson Antunes)