17.01.2019  /  13:28

Executivos ligados à Endeavor estão entre as vítimas do atentado em Nairóbi

Jason Spindler, da Endeavor // Divulgação

O ataque terrorista em um resort de luxo em Nairóbi, capital do Quênia, deixou pelo menos 14 mortos. Entre as vítimas estão funcionários ligados à Endeavor, companhia de consultoria estratégica e investimento para desenvolvedores de negócios em mercados emergentes, incluindo o mentor Jason Spindler, de 41 anos.

Homens armados detonaram explosivos em um complexo que abriga o resort DusitD2, além de prédios executivos nas Westlands, distrito da cidade. O ato foi reivindicado pelo grupo islâmico Al Shabab, responsável por centenas de mortes em diversos atentados no Quênia e na Somália nos últimos anos.