Executivo brasileiro assume a presidência da divisão global de fragrâncias da Symrise

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Eder Ramos, presidente global da divisão de fragrâncias da Symrise | Crédito: Divulgação

O executivo Eder Ramos acaba de assumir a presidência global da divisão de fragrâncias da Symrise. Há 37 anos na companhia, ele é o primeiro brasileiro a ocupar o cargo e foi precursor do projeto de diversidade, inclusão e sustentabilidade, que tornou a iniciativa em referência. A empresa de origem alemã, que fornece globalmente fragrâncias, alimentos, nutrição e ingredientes cosméticos, compensa 100% de suas emissões de CO2 no Brasil, por meio de apoio a projetos ambientais na Amazônia com destaque para iniciativas no Acre, no Amazonas e no Amapá.

Para ter ideia, em 2019, a Symrise compensou 100% das emissões de CO2 por meio da contribuição financeira para o reflorestamento da Amazônia. Já em 2020, também compensou 100% das emissões por meio do Projeto Jari / Amapá REDD e, no mesmo ano, como parte do compromisso de responsabilidade ambiental, de acordo com a Climate Neutral. A meta é a redução de 5% ao ano de alguns aspectos ambientais, como: emissão de CO2, consumo de energia elétrica, consumo de água, geração de resíduos perigosos e perda de processo no efluente.