21.02.2019  /  5:09

Ex porta-voz de Trump na Casa Branca será correspondente de programa de fofocas da TV americana

Sean Spicer || Créditos: Getty Images

Primeiro secretário de imprensa da Casa Branca no governo de Donald Trump, e também um dos primeiros a deixar o time de assessores mais próximos do presidente dos Estados Unidos por causa de polêmicas, em meados de 2017, Sean Spicer tem um novo trabalho: ele será o correspondente em Washington do programa de celebridades “Extra”, um dos mais populares da televisão do país.

Spicer, de 47 anos, renunciou ao posto de porta-voz de Trump depois de fazer várias afirmações no exercício do cargo que não condiziam exatamente com a verdade. Apesar disso, ele sempre gozou de enorme popularidade nos EUA e até fez uma aparição surpresa durante a entrega dos prêmios Emmy de 2017, além de ter se tornado figurinha constante nos principais talk shows de lá.

No “Extra”, o ex-funcionário público deverá usar sua expertise e conexões para falar sobre os bastidores da política na capital americana, todas as quartas, quintas e sextas-feiras, mas com uma pegada mais leve. “Quando saí da Casa Branca, prometi que só me envolveria em projetos divertidos e cativantes”, o novo astro em potencial da telinha disse ao “New York Post”. (Por Anderson Antunes)