26.05.2018  /  9:00

Ex-mulher de Harvey Weinstein evitou prisão essa semana e não foi a do produtor…

Georgina Chapman || Créditos: Getty Images

Ex-mulher de Harvey Weinstein, de quem se divorciou em janeiro, a estilista Georgina Chapman passou por um perrengue na manhã da última quinta-feira enquanto levava os filhos para o colégio, em Nova York. A bordo de um carro de luxo com vidros escuros dirigido pelo chofer Cristovoa Proença, ela precisou sair do veículo às pressas na altura da West 11th Street, no West Village.

O motivo? Proença, que é tipo um fiel escudeiro da cofundadora da grife Marchesa, se irritou com um paparazzo que os seguia e resolveu estacionar para tirar satisfações. Depois de minutos de uma discussão que só não terminou em tragédia porque Chapman conseguiu acalmar os ânimos dos dois, a polícia acabou sendo chamada e prendeu o funcionário dela.

A ironia é que, menos de 24 horas depois, o próprio Weinstein se entregaria às autoridades de NY depois de ter sua prisão preventiva decretada. Acusado de assédio, abuso sexual e até de estupro por mais de 70 mulheres, o ex-bambambã de Hollywood foi algemado e agora corre o risco de passar o resto da vida na cadeia. Proença, por sua vez, foi solto depois de ter sua fiança paga pela patroa. (Por Anderson Antunes)