01.09.2020  /  11:17

Ex-gerente de hotel que inspirou a cinebiografia ‘Hotel Ruanda’ é preso sob acusação de terrorismo

Paul Rusesabagina || Créditos: Reprodução

Personagem da vida real transformado em herói na cinebiografia “Hotel Ruanda”, Paul Rusesabagina foi preso na última segunda-feira em Kigali, capital de Ruanda, sob a acusação de terrorismo. De acordo com as autoridades de lá, o ex-gerente de hotel de 66 anos seria o “fundador, líder, membro ou patrocinador” de grupos terroristas extremistas que atuam com o uso de violência e armas em várias regiões de lá e até no exterior. Ao ser apresentado à imprensa depois de sua prisão, no entanto, Rusesabagina não se pronunciou na frente das câmeras e dos repórteres, provavelmente por ter sido orientado a ficar de bico calado.

Intepretado por Don Cheadle no filme de 2004 que recebeu três indicações ao Oscar, e que trata do genocídio que aconteceu em Ruanda em 1994 e resultou em pelo menos 800 mil mortes ao longo de pouco mais de três meses, Rusesabagina provocou indignação entre seus conterrâneos no ano passado ao alertar sobre a possibilidade de outro assassinato em massa, e que seria cometido pela etnia tutsti contra os hutus. Seus críticos, no entanto, afirmam que ele tenta explorar o tema para obter lucros pessoais. Um deles é Paul Kagame, o presidente do país africano desde 2000, que o tem entre seus maiores desafetos. (Por Anderson Antunes)

Rusesabagina com Don Cheadle, que o interpretou na telona || Créditos: Reprodução