12.06.2018  /  7:48

Ex-contador de Marc Anthony admite que roubou mais de R$ 33 milhões do cantor

Marc Anthony || Créditos: Getty Images

Kyle Tessiero, um contador de Los Angeles que prestou serviços durante anos para Marc Anthony, admitiu nesta segunda-feira que se apropriou indevidamente de mais de US$ 9 milhões (R$ 33,5 milhões) do ídolo latino entre 2009 e 2017. Ele está sendo processado por Anthony sob a acusação de fraude contábil, e fez a confissão em uma corte de Nova York onde corre o caso.

Aos procuradores da Big Apple, Tessiero revelou que costumava usar o American Express do ex-marido de Jennifer Lopez para pagar contas pessoais e até viagens de luxo e visitas a clubes de striptease. “Ele tem muito dinheiro e por isso nunca percebeu nada de errado”, disse às autoridades.

Foi a própria operadora de cartões de créditos, aliás, que avisou Anthony sobre os gastos excessivos, que não se encaixavam no perfil de cliente dele. A partir daí, o cantor acionou seus advogados a fim de tentar recuperar parte da grana, mas o ex-funcionário já avisou que não tem como reembolsá-lo.

Ainda assim, Tessiero – que já aplicou golpes similares em Drake e Pharrell Williams – está disposto a vender um barco e um carro para levantar pelo menos US$ 100 mil (R$ 372,7 mil) para quitar a dívida não autorizada. Além disso, ele deverá ser condenado a pelo menos nove anos de prisão, com fortes chances de ficar pelo menos duas primaveras atrás das grades. (Por Anderson Antunes)