10.03.2021  /  9:31

Ex-colega de Meghan Markle comenta entrevista dela para Oprah: “Conversa insignificante”

Meghan Markle e Wendell Pierce, que atuaram juntos em "Suits"
Meghan Markle e Wendell Pierce, que atuaram juntos em “Suits” || Créditos: Reprodução

Até agora Meghan Markle tem sido praticamente apenas elogiada pela entrevista exclusiva que deu junto com o marido, o príncipe Harry, para Oprah Winfrey. Até Beyonce Knowles a parabenizou pela “coragem” de expor ao mundo seu lado da história no que diz respeito à saída dela e do (ainda) sexto na linha de sucessão ao trono britânico da família real mais famosa do mundo. Mas alguém que conhece bem a atriz acredita que ela não apenas pisou na bola ao concordar com o bate papo que rendeu a Winfrey US$ 7 milhões (R$ 40,6 milhões) como ainda não revelou nada demais.

“Cerca de 200 pessoas deverão morrer no Reino Unido ao longo da próxima hora, mas todos só querem falar de coisas ‘insignificantes'”, disse Wendell Pierce, que foi colega de Markle na série “Suits”, durante uma participação em um programa de rádio de lá na última segunda-feira.

Para o ator, parte da culpa pelo que a duquesa e o duque de Sussex afirmam terem sofrido nos bastidores palacianos é do público, que se alimenta de fofocas vindas da realeza. “As revelações deles têm cara de fúria, mas no fim não significam nada para o resto de nós”, Pierce continuou.

Por fim, Pierce sugeriu que os Sussexes e até mesmo Winfrey dedicassem seu tempo para falar sobre coisas mais úteis para todos, e chegou a dizer que não fazê-lo nesse momento em particular que vivemos, com a pandemia e tudo mais, é algo extremamente “insensível”. A rainha Elizabeth II, que divulgou uma nota sobre toda a polêmica no melhor estilo blasé, deve concordar com o astro da telinha. (Por Anderson Antunes)