05.06.2018  /  8:05

Estrela de “Barrados no Baile”, Tori Spelling entra em lista negra de devedores da Califórnia

Tori Spelling || Créditos: Getty Images

Uma das estrelas de “Barrados no Baile”, Tori Spelling entrou em uma lista negra de devedores do estado da Califórnia, nos Estados Unidos. Filha do lendário produtor Aaron Spelling, que morreu em 2006 e foi o criador da série hit da TV nos anos 1990 e também da icônica “Dynasty”, a atriz deve US$ 282.655 (R$ 1,06 milhão) ao fisco de lá. Marido dela, o ator canadense Dean McDermott também aparece no levantamento, que considerou apenas os 500 maiores sonegadores do estado americano.

Os dois, no entanto, não são os únicos famosos no ranking: o comediante Chris Tucker deve US$ 1,2 milhão (R$ 4,5 milhões) à Receita Federal californiana, e isso depois de fazer um acordo para quitar uma pendenga de US$ 2,5 milhões (R$ 9,3 milhões) com o governo da Geórgia. Mas o campeão entre as celebs penduradas por sonegação fiscal na Califórnia é o produtor Ted Field, responsável por sucessos da telona como “Jumanji”, com mais de US$ 20 milhões (R$ 74,9 milhões) em impostos não pagos.

No caso de Tori, que sempre teve problemas com dinheiro, ela já pediu ajuda financeira para a mãe, a socialite Candy Spelling, que hoje administra a fortuna de US$ 600 milhões (R$ 2,24 bilhões) deixada por Aaron. Mas a matriarca desistiu há anos de socorrer a herdeira, por considerá-la um caso perdido quando o assunto são as próprias contas, ao ponto de ser processada pela American Express em 2016 depois de ficar meses sem pagar a fatura de seu cartão de crédito. Eita! (Por Anderson Antunes)